O varejo, por ser um mercado em constante evolução, incorpora cada vez mais tecnologias ao seu dia-a-dia e sempre possui diversas novidades e tendências.

Com o e-commerce crescendo a cada dia mais, a competitividade que ele viabiliza aumenta na mesma proporção, e, então, os varejistas precisam inovar para atrair novos clientes e fidelizar os antigos. Porém, com todo o cenário de hoje em dia, a dificuldade para atrair esses clientes no ponto de venda apenas aumenta.

Os consumidores estão mudando o jeito de pensar e agir, preferindo, muitas vezes, pagar mais por uma experiência ou um produto melhor. Logo, os varejistas precisam, necessariamente, acompanhar essa linha de raciocínio dos clientes, oferecendo a eles o que desejam para que, assim, aumente as vendas e consequentemente o faturamento do estabelecimento.

As melhores experiências para os consumidores podem ser realizadas por meio de diversos fatores. Neste artigo, citaremos e explicaremos sete tendências para vender mais que te ajudarão nesse trajeto para o sucesso.

Varejo híbrido

Para conseguirem vender mais, as lojas criaram novos ambientes, chamados de lojas conceito/colaborativa. Esse tipo de loja é tendência para esse e para os próximos anos, e reúne produtos variados, como roupas, calçados, cosméticos e serviços no mesmo estabelecimento, permitindo com que as pessoas possam fazer diferentes compras no mesmo local. Daí surge o termo híbrido, da mistura de produtos de segmentos diferentes voltadas a um público-alvo em um determinado local.

Em 2017, uma pesquisa realizada com varejistas apontou que o número das lojas colaborativas aumentou em cerca de 80% no Brasil, e essa quantidade só tende a crescer.

Tecnologias e Big Data

Ter dados a disposição é, desde sempre, extremamente importante para que um negócio tenha sucesso. Planejamentos estratégicos, avaliações de desempenho, entre outros, necessitam de dados organizados e analisados para que as informações sejam relevantes.

A tecnologia conhecida por Big Data ajuda exatamente nisso; ela consiste em reunir e organizar dados para que as informações se tornem relevantes. Para grandes empresas, ou empresas que possuem mais de uma loja, há mais precisão de análise desses dados do que empresas menores.

O Casting é uma solução da SER que faz isso para o varejista em poucos minutos, possibilitando com que toda a informação possa ser acessada por smartphones através de gráficos, indicadores e muito mais.

A empresa é apenas uma, tanto para quem trabalha quanto para quem consome

Ter em mente que a empresa é um único lugar e que os colaboradores, por exemplo, precisam se comportar da mesma maneira tanto dentro dela quanto fora é muito interessante para que se consiga atrair mais clientes, e, assim, vender mais.

Manter funcionários engajados e motivados a trabalharem todos os dias é profundamente significante para que um negócio seja bem-sucedido. Para isso, existem maneiras de gerenciar e manter equipes engajadas, além de formas de motivar a equipe para bater metas.

Se preocupar com as relações humanas em relação aos clientes e aos funcionários tem muito valor, já que a mesma pessoa que consome determinado produto também pode participar de processos seletivos para trabalharem nessa mesma empresa.

Aprenda a medir e melhorar
o desempenho da sua equipe!

Canais alinhados

A estratégia de omnichannel não é novidade no varejo, entretanto, só agora, com o avanço das tecnologias e a ameaça das lojas online, os varejistas estão começando a enxergar essa tendência como algo benéfico. O consumidor é hoje um omniconsumidor/omnishopper, que transita entre o mundo físico e digital por todo tempo.

Esses consumidores criaram padrões de exigência em relação ao atendimento, aos produtos e aos serviços, além de fazerem mais pesquisas, ficarem mais atentos a promoções, quererem mais informações e fazem isso tanto na loja física, quanto na internet.

Com isso, a compra pode ser realizada por diversos canais, como loja física, loja virtual, aplicativo e muito mais. Logo, todos esses meios precisam estar alinhados, com informações corretas e atualizadas para que eles não se vejam como concorrentes, mas sim como complementos.

Consultoria

Hoje, os consumidores prezam por uma boa experiência, então, ter vendedores treinados para serem verdadeiros consultores é muito importante para atrair público. O bom relacionamento surge do vendedor ajudando e orientando o cliente a fazer melhor uso do produto, e isso gera vendas.

Tornar vendedores, grandes especialistas é uma tendência em diversos meios, mas muito popular na moda. É fundamental que o vendedor saiba entender antes de atender para trazer a melhor solução para o cliente e não a mais cara ou a que o vendedor quer vender.

Vídeo

Com a facilidade de gravar e compartilhar imagens e vídeos hoje em dia, todas as pessoas se tornaram produtores de conteúdo. Youtube, Facebook, Instagram e Snapchat são os novos meios de comunicação, alimentados em tempo real, e esses são meios que precisam de atenção.

Fazer vídeos é algo muito fácil e rápido, porém, o tempo de vida desses pequenos filmes é bastante curto, o que implica em realizar uma grande quantidade de vídeos, publicando-os em tempo real e mantendo-os atualizados.

Sustentabilidade

A sustentabilidade é um fator que traz diferencial para a imagem do varejo, além de poder gerar lucro para o negócio. Produtos sustentáveis e empresas preocupadas com o meio ambiente conquistam, cada vez mais, a preferência dos clientes, que optam por opções ecológicas e socialmente sustentáveis.

Um exemplo de sustentabilidade no varejo é o Walmart, que teve um programa estruturado a partir de três visões: de alcançar 100% de uso de energia renovável, de gerar resíduos e de vender produtos que ajudem pessoas e o ambiente. Hoje, o Walmart é uma das maiores empresas do mundo em volume de negócios e faturamento.

Gostou das dicas de tendências? Compartilhe o conteúdo em suas redes sociais para que mais gente possa se beneficiar! Nos siga no Facebook e LinkedIn e assine nossa newsletter.