Quando o fim do ano se aproxima, as empresas começam a se preparar para as festas e confraternizações. De fato, é preciso celebrar todas as conquistas e desafios superados ao longo de um ano de trabalho. Além disso, esse tipo de evento aumenta a integração de funcionários, criando laços que melhoram a relação entre as equipes.

Pensando na necessidade que as organizações têm de inovar e surpreender seu time, preparamos um material sobre como melhorar a integração de funcionários na festa de fim de ano.

Continue lendo e aprenda algumas dicas sobre a organização do evento, as atividades propostas e como elas podem aumentar a interação entre pessoas que trabalham em uma mesma empresa.

O Processo de Gestão de Pessoas mudou Bastante
Aprenda como Melhorar seus Processos com as Melhores Práticas!

cta_baixe_ebook_gratis_azul

1. Inclua a festa no planejamento anual

Não é preciso esperar chegar em cima da hora para começar a pensar na festa. Esse tipo de atitude costuma gerar desperdícios, pois tudo acaba ficando mais caro no final do ano.

Nenhum gestor precisa ser convencido ainda da importância da comemoração de encerramento, por isso, não dá pra tratar o assunto como sendo de última hora. Desenvolva um planejamento com uma boa margem de antecedência para estabelecer um orçamento, economizar recursos e garantir que tudo vai dar certo.

2. Defina número de participantes, local e o tipo de evento

Com o planejamento estabelecido, é hora de definir se o evento será dentro ou fora da empresa, se os familiares vão poder participar, o tipo de comida que será servido, bebidas etc.

Assim que tudo estiver definido, apresente a proposta aos colaboradores e lembre-se de que o sucesso do evento já começa na comunicação. Portanto, considere a reação da equipe e leve em conta suas opiniões, se dispondo a fazer modificações.

3. Reserve um tempo para planejar as atividades

Agora chegamos ao ponto crucial deste conteúdo: as atividades de integração na festa de fim de ano. A primeira preocupação ao escolher o que vai ser proposto aos funcionários é de que não será uma “chatice”.

Bom, é isso mesmo. Todo mundo sabe o que é chato e, até mesmo, desnecessário em um evento, como dinâmicas constrangedoras, assuntos de trabalho, obrigações etc. Portanto, não encha sua equipe de tarefas num momento de descontração.

Segundo ponto, a festa em si já é um tipo de estratégia de integração, logo, as atividades podem ser as atrações da festa, como a contratação de algum tipo de show, um tema que tenha a ver com a identidade do grupo, presentes personalizados ou, até mesmo, um vídeo com a retrospectiva do ano.

O Processo de Gestão de Pessoas mudou Bastante
Aprenda como Melhorar seus Processos com as Melhores Práticas!

cta_baixe_ebook_gratis_azul

Dê preferência a atividades em grupo

O verdadeiro espírito de um evento de final de ano é a união entre as pessoas de um escritório em um outro contexto. Diante disso, é óbvio que atividades coletivas devem ser privilegiadas. Portanto, mesmo que aconteça apenas um almoço do setor combinado entre seus membros, não deixe de unir todos os funcionários, inclusive aqueles que não mantêm muito contato.

Não transforme as dinâmicas em obrigação

Finalmente, precisamos falar de novo sobre não misturar o evento com o trabalho. Ninguém quer ser “líder” numa comemoração, nem ter seu inglês testado ou algo do tipo. É um erro avaliar os funcionários o tempo todo. Além disso, as festas não precisam ser obrigatórias, apenas para quem quiser participar. Sem mágoas e sem represália.

Levando em conta tudo isso que falamos a respeito das festas de empresa, é bem provável que sua equipe sinta-se satisfeita e, principalmente, motivada a participar. Melhorar a integração de funcionários tem mais a ver com diminuir barreiras entre eles do que necessariamente inserir atividades o tempo todo.

Quer sugerir este texto para alguém da sua rede? Compartilhe em sua página e nos ajude a contribuir para as festas de fim de ano em empresas serem mais prazerosas!