Desafios para ter as mulheres nas lideranças

2019-10-09T09:24:19-02:0018 novembro, 2011|Estratégia Corporativa, Talent Management|

Desde que a luta pelos direitos iguais entre os sexos se iniciou no século XIX, as mulheres vem galgando seu espaço em diversos setores da sociedade, inclusive no mercado de trabalho. O que mais chama a atenção é que ainda hoje elas são minoria em cargos de diretoria. Mas este cenário vem mudando, e agora, as empresas que planejam ter mais executivas, precisam se adequar aos interesses femininos e rever requisições de certos cargos, como aqueles com longas jornadas de trabalho e constantes viagens. A questão não é levantar uma bandeira feminista e sim permitir que elas tenham oportunidades de crescimento, garantindo a riqueza de um ambiente de trabalho heterogêneo, com homens e mulheres.

Em entrevista ao Valor Econômico, Martin Dixon, braço de recrutamento de alta gerência da consultoria Hays, aponta o benefício de se ter mulheres em cargos de liderança: “A vantagem mais óbvia é que as mulheres representam 50% da população e, consequentemente, dos talentos. […] Existem também os benefícios comportamentais. As mulheres são multitarefas e trabalham melhor com prazos apertados, pois estão sempre balanceando aspectos da vida familiar com o trabalho”.

Toda empresa deve ter a Cultura
Organizacional bem definida. A sua tem?

Capa eBook

O Brasil, segundo o executivo, dá bons exemplos. Quase 14% das maiores empresas têm líderes mulheres. Há dez anos, esse número era algo em torno de 6%. Independente da região, porém, toda empresa precisa seguir seus próprios passos. Muitas vezes as empresas culpam o meio em que estão inseridas para explicar situações em seu próprio negócio, sendo que elas mesmas não dedicam tempo para entendê-las.

Para Dixon as empresas precisam ter em mente que “ter salas cheias de hobmens opinando sobre o que elas pensam, mesmo com o apoio de uma pesquisa de mercado, não é mais efetivo do que ter uma quantidade representativa de mulheres tomando essas decisões”. Por isso é importante trazer talentos de forma mais abrangente e encontrar saídas para o turnover das mulheres utilizando a tecnologia e promovendo um ambiente de trabalho favorável às funcionárias.

Deixar Um Comentário