Você sabe como calcular comissão de vendas e, assim, motivar os funcionários? Saiba mais sobre esse abono e conheça os modelos praticados.

Saber como calcular a comissão de vendas, é essencial para o sucesso do seu negócio. O pagamento de comissão é um modelo de remuneração que pode ser aplicado em diversos setores, mas é encontrado mais facilmente nos departamentos comerciais e varejo.

Ele serve como forte motivador para os funcionários e é uma maneira de recompensar aqueles que mais se destacam, ajudando no engajamento e por consequência, em um maior faturamento do negócio.

Se você pretende adotar esse sistema na empresa, mas tem dúvidas sobre o que é e como calcular comissão de vendas, este post certamente pode ajudar. Acompanhe!

O que é comissão de vendas?

A comissão de vendas é uma porcentagem sobre os valores alcançados por cada vendedor. Essas porcentagens variam de acordo com cada empresa ou, até mesmo, o total de vendas alcançado pelo funcionário.

É uma prática comum no varejo, que pode contratar pessoas que trabalham apenas por comissão (principalmente em contratações sazonais) ou usam esse valor extra para complementar o salário fixo.

Como calcular comissão de vendas?

O cálculo da comissão pode ser feito individualmente (para cada funcionário), de maneira global (o valor total é dividido igualmente entre todos) ou progressivo (a porcentagem de comissão aumenta de acordo com o crescimento da meta de vendas). Destacamos quatro modelos abaixo:

Por venda

Esse tipo de comissão é paga como um percentual fixo sobre o valor das vendas alcançado individualmente, sendo o modelo mais usado e fácil de ser implantado. O acerto pode ser repassado diretamente, quando ocorre o pagamento do cliente, em determinadas datas do mês ou juntamente com o salário.

Aprenda de forma detalhada como realizar
boas campanhas e motivar a equipe!


Por faturamento

Dentro desse modelo, a comissão é calculada de acordo com o faturamento alcançado no mês anterior. Esse tipo de comissão depende do engajamento de toda a equipe, já que tem como base o valor total que a empresa obteve.

Por exemplo, se no mês anterior a organização vendeu o total de R$ 200.000,00 e a porcentagem de comissão é de 0,5%, os vendedores devem ratear na proporção de suas vendas o valor de R$ 1.000,00.

Por margem de lucro

A comissão por margem de lucro tem um padrão similar ao da comissão por venda. É acertada uma porcentagem fixa sobre cada transação, mas esse cálculo é feito em cima do valor de lucro, e não sobre o valor total de venda. Esse cálculo, conclui-se, é mais vantajoso e sustentável para a empresa.

Por recebimento

Esse tipo de comissão é mais indicado para empresas que vendem a prazo. Aqui, o valor é recebido apenas quando há o pagamento da parcela. Esse tipo de acerto aumenta o controle do fluxo de caixa e incentiva os vendedores a venderem à vista.

Como a comissão de vendas ajuda na motivação?

A comissão de vendas é uma boa estratégia para motivar a equipe, visto que, ver sua renda aumentando de acordo com o próprio trabalho bem-feito, é recompensador para qualquer pessoa. O pagamento desses valores estimula os colaboradores a trabalharem mais e melhor, elevando o lucro da empresa.

Além disso, oferecer comissões ajuda a reter os melhores vendedores no seu negócio. Quanto mais atraente for a política de gratificação, maior a probabilidade de essas pessoas trabalharem para você e não partirem para a concorrência.

Como aumentar a motivação dos vendedores?

Vale lembrar de que apenas a recompensa financeira pode não ser o suficiente para manter os seus vendedores engajados em aumentar os valores de faturamento e prestar um atendimento de qualidade.

Algumas práticas podem ser aplicadas para que seus colaboradores tenham ainda mais vontade de trabalhar todos os dias, vestindo a camisa e estabelecendo um vínculo forte com a empresa.

Aprenda de forma detalhada como realizar
boas campanhas e motivar a equipe!

Qualidade da estrutura física

Quando encontram um ambiente ergonômico e organizado, os profissionais se sentem mais motivados. Com isso, a produtividade aumenta, assim como a retenção desses funcionários.

A qualidade da estrutura física inclui o layout do espaço, uma boa iluminação, circulação de ar, cadeiras e mesas adaptadas de acordo com a altura, entre outros detalhes.

A limpeza do local é outro fator importante que influencia não só a motivação, como a saúde dos colaboradores. Não esqueça dos cuidados com carpetes e manutenção do ar-condicionado.

Liderança motivadora

A postura do superior imediato faz toda a diferença na engajamento dos colaboradores. Um bom líder deve inspirar, fornecer boas condições de trabalho, ajudar a solucionar dúvidas e colaborar com o crescimento do funcionário.

Gestores que exageram nas cobranças, agem de maneira desrespeitosa ou que buscam culpados acabam por tornar o ambiente de trabalho um local tenso, no qual o profissional deve ficar atento para que não cometa nenhum deslize.

Esse tipo de local é uma bomba relógio que a curto e médio prazo passa a experimentar um grande número de desligamentos, prejudicando a imagem da empresa. Procure incentivar seus vendedores, sem pressionar em excesso.

Boas relações interpessoais

Sentir que é parte de um grupo coeso e colaborativo é um fator que incentiva a motivação. Para isso, é preciso trabalhar o relacionamento entre os funcionários, para que eles descubram afinidades e possam contar um com o outro para resolver crises internas.

Se esse grau de alinhamento não for possível, graças às diferenças pessoais, o respeito e a cordialidade devem ser enfatizados. Esses aspectos devem ser ressaltados pela cultura da empresa e partir das pessoas que ocupam as posições mais altas da hierarquia.

Plano de carreira

As possibilidades de crescimento se relacionam com as necessidades de autorrealização dos indivíduos. Por isso, é tão importante que os funcionários vislumbrem chances reais de se desenvolverem e de alcançarem cargos mais altos para que se sintam motivados.

Estruture um plano de carreira bem definido, deixando clara a hierarquia da empresa e o que deve ser feito para que o trabalhador alcance esse patamar. Estimule o aprendizado e abra espaço para que o funcionário seja reconhecido pelo seu esforço. Estipule metas e ofereça os recursos necessários para que os vendedores consigam alcançá-las.

Apostar em estratégias de motivação é, na verdade, investir no crescimento da sua empresa. Aprender como calcular comissão de vendas é importante e influencia o resultado. Contudo, procure ir além e construa uma política que coloque o vendedor em primeiro lugar. Certamente, o retorno vai ser tão satisfatório, que as comissões serão apenas um ponto em comparação a toda a estrutura que a sua organização vai oferecer.

Aproveite para ler este artigo e aprender estratégias que vão aumentar a produtividade do seu time de vendas.