Entenda a importância de alinhar a tecnologia à cultura organizacional

2021-07-23T10:53:46-03:0022 julho, 2021|Tecnologia para RH|

Em tempos de transformação digital, entender a importância de valorizar e respeitar a cultura organizacional, faz toda diferença. Acompanhe nesse artigo como promover o alinhamento deles e garantir o sucesso do seu negócio.

Toda organização é guiada por um conjunto de valores, expectativas, filosofias e até ideologias. E é esse conjunto de direcionamentos, a cultura organizacional, que imprimirão a marca dessa organização em seus colaboradores.

Apesar de existir inúmeras empresas no mesmo ramo de atividade, elas possuem força diferente no mercado e jeitos diferente de se posicionarem na busca de objetivos. Exatamente por ser através da cultura organizacional, que cada uma delas irá traçar seu caminho na busca do sucesso.

Nós já falamos aqui a respeito da importância da criação de uma cultura organizacional e o impacto dela no resultado da organização. No entanto, em tempos de transformação digital e avanço do uso de tecnologias nos processos de trabalho, é preciso trazer para debate o impacto dessas tecnologias na cultura organizacional e a importância de uma cultura favorável à transformação digital.

Ficou interessado? Então acompanhe a gente nesse artigo e entenda como o alinhamento da cultura organizacional com a tecnologia pode trazer vantagens exponenciais para sua empresa.

A gente já sabe o que é cultura organizacional né? Mas vamos recapitular…

Nós já trouxemos aqui alguns artigos muito interessantes te explicando o que é a cultura organizacional, os tipos de cultura organizacional, a importância de promover ações que fortaleçam essa cultura e até qual é o papel do setor de recursos humanos na cultura organizacional.

Inclusive em nosso último artigo, trouxemos para você a importância da customização de processos alinhada à cultura organizacional de sua empresa.

Parece muito né?

Mas não é. Afinal, a cultura organizacional, sendo o DNA de sua empresa, tem um papel crucial na produção de resultados da sua equipe e do seu negócio como um todo.

Portanto, esse é um assunto de extrema relevância para a gestão de pessoas e que precisa ser acompanhada de perto. Assim, para garantir que outros processos do setor de recursos humanos, tenham o resultado esperado.

Em resumo, a resposta é essa: a cultura organizacional é o DNA da sua empresa. A forma como sua empresa se comporta diante do mercado, de seus clientes, fornecedores, stakeholders e colaboradores.

É o que define seu posicionamento de marca e cria propostas de valor para essa marca, frente ao mercado, colaboradores e sociedade. Daí a importância de construir, promover e fortalecer a cultura de sua empresa.

Tempos de transformação digital

A tecnologia do futuro já chegou. Todas as possibilidades que antes faziam parte dos filmes de ficção científica estão hoje ao alcance das mãos e da sua empresa.

E essa tecnologia trouxe uma transformação na nossa forma e ver e entender o mundo. Dentro das empresas, o advento da tecnologia possibilitou a automatização e otimização de processos. Com isso, o capital intelectual da organização ganhou espaço para fazer aquilo que é sua especialidade: inovar e propor ações estratégicas para o sucesso do negócio.

Ser uma empresa tecnológica envolve ter uma cultura organizacional que permita que a transformação digital mude a forma de trabalhar e contribua para o desenvolvimento das pessoas.

Certamente investir nessa transformação digital é crucial para a sobrevivência do seu negócio. Afinal, quando a tecnologia ganha espaço na rotina de seus colaboradores, é possível criar um ambiente mais colaborativo e participativo e fazer a aceleração dos processos de todos os setores.

Nesse sentido, ao buscar ferramentas que facilitem o desenvolvimento de processos, sua empresa precisa saber que as melhores ferramentas são aquelas que respeitam sua cultura e se permitem adaptar-se à sua realidade.

A ausência dessa preocupação pode promover o efeito contrário ao esperado. Assim, o avanço tecnológico que desconsidera a cultura organizacional, acaba por promover desmotivação, baixa produtividade, sentimento de menos valia em seus colaboradores e até aumento nos pedidos de demissão.

E de quem é a responsabilidade de unir tecnologia e cultura organizacional?

A maioria das empresas entende que a adoção de ferramentas tecnológicas é uma responsabilidade do TI. Por outro lado, gerir a cultura organizacional se torna responsabilidade do setor de recursos humanos.

Dessa forma muitas empresas acabam estagnando e não conseguem promover transformação digital ao mesmo tempo que fazem a gestão dessa cultura organizacional.

Assim sendo, é muito importante que ambos os setores trabalhem em conjunto, de forma a encontrar o melhor caminho que permita a evolução tecnológica dos processos. No entanto, sem desconsiderar o jeito de ser da empresa.

Em resumo, a receita para o sucesso é individual para cada empresa e está exatamente, no trabalho colaborativo entre todos os setores envolvidos no processo de transformação digital.

Afinal, são as pessoas que constroem a cultura organizacional de uma empresa, e toda e qualquer transformação, cultural ou tecnológica, só é possível com o envolvimento delas.

No entanto, para que isso seja possível, é preciso investir em uma cultura de aprendizado contínuo. Em que a colaboração e a tolerância sejam valores amplamente defendidos por seus colaboradores.

O mais importante é que sua empresa considere a adoção de tecnologias como uma possibilidade de descoberta de novos caminhos, que alinhados à estratégia do negócio, possibilitem o desenvolvimento das pessoas e o sucesso do negócio.

Afinal, o alinhamento da tecnologia com a cultura organizacional é potencialmente uma possibilidade do surgimento de novos insigths e novas perspectivas de aprimoramento do negócio e da equipe.

E que tal conhecer a SER?

Com mais de 20 anos de experiência, a SER é uma empresa com especialização em desenvolvimento de soluções em Gestão de Pessoas. Dentre seus produtos, está a SERHCM que é uma ferramenta de RH desenvolvida através do alinhamento entre tecnologia e a cultura organizacional.

De forma abrangente, ela é capaz de substituir e aprimorar uma série de rotinas em Gestão de Pessoas. Dessa forma liberando seus colaboradores para avançar em estratégias de negócio e se desenvolverem junto com a organização.

Só para exemplificar, é possível gerir processos desde recrutamento, seleção, avaliação de desempenho, desenvolvimento e acompanhamento de metas até desenvolvimento e valorização de equipe.

Com efeito, dentre as suas vantagens está o fato dela ser uma ferramenta customizada. Isto é, desenvolvida a partir do diagnóstico organizacional e do levantamento de carências e pontos fortes. Como resultado, sua empresa tem a garantia de que os processos desenhados e implantados respeitam a cultura organizacional e a forma de pensar de sua equipe.

Em suma, é o jeito de sua equipe trabalhar sem, no entanto, precisar dispender tempo e energia em atividades burocráticas.

Outro benefício é o acompanhamento de todo o processo de implantação e adaptação à ferramenta, que garante à sua equipe o melhor suporte. Assim, caso seja necessário é possível redesenhar processos ou adaptá-los as mudanças organizacionais.

Então, se sua empresa precisa promover transformação digital e está preocupada com o respeito a identidade dela, vem conhecer a SER.

Nossos consultores estão preparados para oferecer a melhor experiência em transformação digital para sua empresa e seus colaboradores.

E se você gostou desse conteúdo, assine nossa newsletter e receba diretamente no seu e-mail outras novidades em Gestão de Pessoas.

Deixar um comentário

Ir ao Topo