Mapeamento de cargos: qual a importância e como aplicar na empresa?

2019-05-14T14:03:35-02:0016 agosto, 2018|Gestão de Pessoas|

Entender as necessidades em cada cargo faz toda a diferença nos resultados corporativos.

Uma das principais funções do RH é aumentar a produtividade por meio da gestão de pessoas, entendendo as competências dos funcionários e aprimorando-as para conseguir um bom encaixe entre o colaborador e a função exercida.

A realização do mapeamento de cargos permite a compreensão do que é necessário em cada posição de trabalho. Com essas informações é possível melhorar não só o processo seletivo, como ajudar no desenvolvimento dos colaboradores. Para saber mais sobre o mapeamento de cargos, acompanhe este post!

Dados e Produtividade entenda essa relação
tão importante para a empresa

cta_baixe_ebook_gratis_azul

O que são competências?

Para realizar um bom mapeamento de cargos, é necessário entender a definição de competência, que se baseia nos pilares de conhecimento, habilidade e comportamento. Entenda.

Conhecimento

Relaciona-se ao saber necessário para executar a competência, todo o conhecimento adquirido e acumulado pelo trabalhador.

Habilidade

É a capacidade de colocar o conhecimento em prática, demonstrada pelos resultados passados.

Comportamento

Está relacionada à inteligência emocional do colaborador, à qualidade do relacionamento com os colegas e como esse funcionário reage a frustrações e ordens.

A compreensão das competências necessárias para os cargos leva esses aspectos em consideração, derrubando um conceito antigo de que para exercer um trabalho era necessário somente conhecimento ou experiência.

Como fazer o mapeamento de cargos?

O mapeamento de cargos tem como primeiro passo a identificação das competências necessárias para o exercício de cada função na empresa. Esse trabalho é feito em diferentes momentos.

Observação

O gestor acompanha o trabalho e identifica os processos realizados e o que é necessário para concluí-los. Apesar de estar sujeito a interpretações subjetivas, é um passo importante para entender as necessidades da função.

Realização de questionários

A segunda fase do mapeamento consiste em perguntar aos funcionários o que eles consideram importante no seu trabalho diário. Podem ser feitas perguntas qualitativas, abrindo um espaço mais amplo para sugestões e comentários, ou quantitativas, com campos já preenchidos em que os empregados apenas assinalam o que acham relevante.

Consolidação de resultados

Na terceira e última etapa do mapeamento, as informações recolhidas, organizadas e analisadas. É montado um quadro com os cargos, competência e grau de importância de cada uma.

Dados e Produtividade entenda essa relação
tão importante para a empresa

cta_baixe_ebook_gratis_azul

Quais são os benefícios do mapeamento?

O mapeamento de cargos traz uma série de vantagens para a empresa. Podemos destacar três áreas principais que são afetadas pela prática. Veja!

Recrutamento e seleção

Com clareza das características necessárias para exercer bem o trabalho, o RH consegue um índice de acerto maior no recrutamento e seleção de pessoas, escolhendo o melhor candidato para a vaga.

Durante esse processo, é possível usar os dados coletados no mapeamento para a construção de um profissional ideal e fazer a triagem dos candidatos com base nessas informações.

Treinamentos

Por mais que os funcionários atendam ao perfil indicado no mapeamento de cargos, uma ou outra competência pode não ter sido desenvolvida. O RH pode direcionar treinamentos para cobrir essas lacunas, conseguindo um retorno muito maior.

Produtividade

O mapeamento de cargos é um dos pilares para a gestão de pessoas. Quando a empresa pode contar com uma equipe coesa, que tenha as competências necessárias e se encaixe no fit cultural, a produtividade aumenta e as metas são alcançadas.

A realização do mapeamento de cargos potencializa os investimentos da corporação, diminuindo o índice de erros, ajudando na construção de um clima organizacional mais favorável e colaborando na formação de um employer branding positivo.

Gostou do post? Para receber atualizações e mais informações sobre gestão de pessoas, assine a nossa newsletter!