Business Intelligence: como gerir o RH com base em dados

2019-06-12T15:41:40-02:0023 junho, 2017|Estratégia Corporativa, Talent Management, Tecnologia para RH|

Você conhece o Business Intelligence? Sabe como ele pode ajudar no gerenciamento de processos seletivos e tomadas de decisões? Confira aqui!

Transformar dados reais em inteligência de mercado: esse é o princípio básico de um RH que trabalhe com Business Intelligence. De que forma isso ocorre? Coletando, organizando, analisando e monitorando todo o tipo de informação que passa pelo setor.

Isso não só é possível, como, também, é necessário diante de uma concorrência que se encontra bastante avançada estrategicamente. Quer entender melhor essa prática? Veja então como gerir o RH com base em dados!

Reconheça talentos e desenvolva funcionários
a partir da Matriz de Talentos!

eBook SER | Gestão de Talentos - Talent Grid

Tipos de dados que o Business Intelligence opera

Em poucas linhas é possível listar a quantidade de informações importantes que o RH detém. Dentre as principais, podemos destacar perfil comportamental de colaboradores, índice de absenteísmo, turnover, desempenho de equipes, produtividade individual e coletiva, investimentos diversos em capital humano etc.

Embora nem sempre esteja organizado, tudo isso faz parte do montante de informação que o RH tem e pode ter acesso. Portanto, diante disso, foi percebido, por grandes executivos e teóricos, a necessidade de o setor utilizar essas informações e relacioná-las aos resultados dos negócios.

Assim, alinhando a realidade da empresa com estratégias de mercado, tornou-se possível criar ações mais impactantes e aumentar o sucesso da marca.

O RH trabalhando para o sucesso da empresa

Um RH alinhado é aquele que consegue enxergar, a partir das suas ações, consequências diretas e indiretas nos negócios. É entender, por exemplo, que a satisfação dos colaboradores com o seu trabalho se reverte em maior produtividade, e tornar isso uma frente de atuação.

De que maneira? Veja algumas formas de atingir esse objetivo!

  • fornecendo feedback a líderes e gestores sobre suas equipes e seu próprio desempenho;
  • criando pesquisas periódicas de clima organizacional;
  • mostrando em dados o impacto das medidas de gestão nos negócios;
  • mapeando os principais indicadores que a empresa precisa trabalhar;
  • coletando pontos fortes e fraquezas dos setores; dando suporte ao seu acompanhamento;
  • oferecendo ferramentas de gestão inovadoras etc.

Reconheça talentos e desenvolva funcionários
a partir da Matriz de Talentos!

eBook SER | Gestão de Talentos - Talent Grid

Benefícios do RH com Business Intelligence

Vamos listar agora os benefícios práticos do RH que trabalha com base em dados, atuando na criação estratégica de soluções para todas as áreas do negócio.

1. Redução de turnover

A alta rotatividade de colaboradores é um problema que precisa ser enfrentado. Esse índice representa, dentre alguns aspectos, uma possível insatisfação dos colaboradores com a empresa. No entanto, saber que ele existe não é o suficiente para modificá-lo.

O RH, com base nos seus dados, poderá identificar com mais facilidade as deficiências da empresa em termos de empregabilidade, podendo modificar esse cenário, analisando os pontos que precisam melhorar.

2. Ações efetivas

Saber quais ações estão dando resultados verdadeiramente efetivos para a empresa é um dos benefícios que os dados fornecem. Com informações confiáveis, a empresa comete menos erros e, principalmente, acerta com mais frequência, o que no mundo empresarial não é a mesma coisa.

3. Controle de processos

Toda organização é formada por processos administrativos, os quais são guiados, executados e controlados por recursos humanos, materiais e digitais. Com isso, é importante saber a eficácia de cada um desses elementos, identificando falhas e acertos, monitorando-os e tornando-os cada vez melhores.

O Business Intelligence é capaz de fornecer conteúdo relacionado às principais atividades desempenhadas pela empresa. Ao fornecer esse conhecimento, permite que o RH trabalhe com indicadores e ofereça as soluções que cada um deles requer.

Quer saber mais sobre o assunto? Assine nossa newsletter e receba sempre conteúdos como esse!