Como elaborar um plano de cargos e salários na minha empresa?

2019-06-10T11:54:49-02:0029 janeiro, 2018|Gestão de Remuneração|

Entenda como pesquisa, clareza, parâmetros bem definidos e boa comunicação com os funcionários podem ser fatores fundamentais para fazer um bom plano de cargos e salários.

Motivar os funcionários e valorizar os que apresentam bons resultados e trabalham com dedicação, sem dúvida, são benefícios que um bom plano de cargos pode proporcionar para uma organização.

Ao descrever os requisitos e as responsabilidades de cada função, a empresa também terá mais segurança no processo de contratação e estará menos sujeita a erros. É essencial que os critérios de seleção sejam bem definidos, porque os colaboradores precisam ser qualificados e alinhados com os objetivos da corporação.

Para os que desejam uma gestão mais eficiente dos recursos humanos, vamos mostrar como elaborar um plano de cargos e salários. Confira!

Entenda de forma simples como fazer
uma boa Política de Remuneração!

cta_baixe_ebook_gratis_azul

Faça uma reunião com os gestores

Inicialmente, o RH e os dirigentes precisam estabelecer os cargos existentes em cada unidade. Em seguida, definem o perfil para cada função. A medida contribui para montar o organograma de uma instituição.

Estabeleça outros parâmetros importantes

A próxima fase consiste em consolidar aspectos primordiais para a estruturação do plano, como:

Salários

Definir a variação salarial de um funcionário no mesmo cargo. A recomendação é fazer uma pesquisa junto aos sindicatos e às empresas concorrentes.

Atribuições

É essencial que a organização e os funcionários saibam as principais responsabilidades de um cargo. Assim, fica mais fácil acompanhar o desenvolvimento das tarefas e o desempenho dos colaboradores.

Requisitos técnicos

Com foco em atingir resultados expressivos, uma empresa necessita definir a capacidade técnica exigida em cada função. Dessa forma, terá uma dimensão exata do que esperar de cada empregado. É importante verificar, por exemplo, se um cargo solicita o domínio da língua inglesa e conhecimentos em tecnologia da informação.

Requisitos comportamentais

Se uma função exige muita habilidade de relacionamento com o público, será um erro contratar uma pessoa extremamente tímida. Para evitar essa situação, estabeleça as características comportamentais necessárias em cada cargo, como capacidade de iniciativa, liderança, boa comunicação, entre outras.

Entenda de forma simples como fazer
uma boa Política de Remuneração!

cta_baixe_ebook_gratis_azul

Escolha um responsável por administrar o plano de cargos

Normalmente, a gestão do plano de cargos e salários é feita por algum funcionário do Recursos Humanos. O ideal é que esse colaborador tenha participado de todo o processo de implantação e tenha um bom conhecimento da política adotada pela empresa para valorizar os empregados.

Ele também vai acompanhar se a empresa tem condições financeiras para seguir com o plano. Não adianta criar alternativas interessantes para recompensar o empenho dos funcionários, caso a organização não tenha recursos para pagá-los devidamente.

Tenha uma boa comunicação

É importante reunir os colaboradores para explicar como funciona a política de remuneração da empresa. Outra dica é manter um canal de comunicação para tirar dúvidas e publicar o plano numa intranet, onde estará disponível para consulta.

Agir com transparência conquista a confiança dos funcionários e faz com que eles estejam mais engajados com os objetivos organizacionais. Isso ajuda a manter um bom clima no ambiente de trabalho e a aumentar a produtividade.

Inegavelmente, uma empresa vai crescer de forma sustentável, caso tenha um bom plano de cargos. Isso porque os funcionários estarão cientes de suas responsabilidades e serão devidamente recompensados ao apresentarem uma boa performance. Para saber mais sobre as últimas tendências do setor de RH, curta a nossa página no Facebook. Compartilhar conhecimento sempre vale a pena!

Deixar Um Comentário