Por que as relações humanas são fundamentais para as organizações?

2021-02-25T14:23:03-03:0031 janeiro, 2018|Estratégia Corporativa|

Uma empresa é feita de pessoas e suas interações. Entenda por que as relações humanas são o diferencial das organizações.

Certamente toda a construção de uma empresa perpassa pelas relações humanas. Seja nas trocas de aprendizado, desenvolvimento de atividades e até as negociações.

Mesmo diante do avanço das novas tecnologias. Afinal, as máquinas são capazes de reproduzir atividades, analisar algoritmos, aumentar a produtividade e a qualidade do resultado.

No entanto não podem reproduzir a consciência, o pensamento crítico, as emoções intrínsecas ao ser humano.

Assim como a tecnologia avança, nossa sociedade vivencia constantes mudanças. E essas mudanças influenciam diretamente no ambiente de trabalho e nas relações humanas. Se antes o poder de contratação estava apenas nas mãos dos recrutadores, hoje a realidade é outra.

São os candidatos que decidem onde querem trabalhar. A partir da observação da cultura organizacional, responsabilidade social da empresa, nível de satisfação de seus colaboradores.

Dessa forma, a recompensa financeira já não é vista como a única motivação. As pessoas buscam suprir as suas necessidades psicológicas e conquistar a realização pessoal e profissional.

Por isso, é preciso ter a consciência da necessidade de uma gestão estratégica focada nas pessoas. Afinal, é preciso criar condições favoráveis para a construção de um ambiente de trabalho positivo e uma política de benefícios atrativos para atrair novos talentos e reter colaboradores.

É necessário fortalecer os vínculos

Há vinte anos atrás a empresa era vista como fonte de sustento. As relações de trabalho não passavam de trocas comerciais. Estabilidade era a palavra de ordem.

Todavia, no mundo contemporâneo, as relações de trabalho mudaram. A empresa se torna extensão de quem o sujeito é. É preciso liberdade de expressão, sentimento de pertencimento, participação coletiva.

O trabalho se tornou um propósito. E a empresa precisa atender a necessidade de urgência e desafio das novas gerações.

Nesse sentido o setor de recursos humanos tem como desafio proporcionar um ambiente favorável ao desenvolvimento da criatividade, da participação colaborativa, da promoção à saúde e qualidade de vida e alcance de objetivos pessoais e organizacionais.

Por si só o desafio é imenso. Mas o resultado, garantido.

Organizações inteligentes são aquelas que investem no patrimônio intelectual e promovem relações humanas interativas.

Capazes de criar um ambiente saudável e motivador, essas empresas contam com uma equipe engajada e focada em resultados.

As vantagens

1- Aumento da produtividade

Em primeiro lugar, com uma política motivacional adequada, as organizações conseguem engajar os colaboradores e aumentar o comprometimento dos mesmos. Dessa forma, com uma condição de trabalho favorável, as pessoas passam a trabalhar mais felizes, aumentando significativamente a produtividade.

E são sobretudo,  nas relações humanas que o resultado se garante. Equipes produtivas são as que trabalham em cooperação. Entendem que o resultado coletivo é mais importante que o resultado individual.

Segundo pesquisa da Conference Board, realizada em 2015, o Brasil precisa de três colaboradores para produzir os mesmos resultados gerados por um profissional americano.

Isso se justifica pela falta de uma gestão estratégica de pessoal e infraestrutura inadequada. Por isso, vale a pena investir em programas de qualidade no ambiente de trabalho e utilizar ferramentas que permitam a mensuração de desempenho.

2- Fidelização dos colaboradores

O ser humano tem a necessidade de se sentir integrado ao meio, e no ambiente de trabalho essa característica se torna ainda mais evidente. É preciso despertar o sentimento de pertencer, assim os colaboradores atuarão como uma extensão da empresa.

Políticas internas que focam nas relações humanas, perspectiva de carreira e ambiente agradável são elementos que fundamentam tanto a atração como a retenção dos melhores profissionais.

Portanto, um RH estratégico consegue lidar com equipes heterogêneas, criando ações efetivas para melhorar a qualidade do ambiente de trabalho e fazer com que todos os membros da empresa se comprometam com a busca de resultados

ebook gestão de desempenho

3- Redução de turnover

O turnover é o índice que visa medir a rotatividade dos colaboradores. Ele mede o giro de entradas e saídas. De fato, se o índice de saídas de colaboradores for muito alto, isso acaba gerando muitos gastos para a empresa.

Além disso, existem outros custos para a seleção e contratação de um colaborador substituto.

Em qualquer segmento é essencial analisar e avaliar as estratégias de gestão de pessoal, a fim de reduzir as taxas de turnover, pois esses números dependem basicamente da forma de administração e motivação de pessoal, impactando diretamente nas relações humanas e na produtividade.

4- Aumento da confiança do colaborador na organização

Uma empresa que entende a força das relações humanas para seu sucesso, consegue desenvolver uma relação de confiança com seus colaboradores.

E é essa confiança que permeará as relações de trabalho e garantirá uma cultura organizacional de transparência e confiança mútua.

Nesse sentido, a partir do investimento em comunicação assertiva e escuta ativa, seus colaboradores estarão prontos a se comprometerem com os resultados da organização.

5- Promoção do Employer Branding

O Employer Branding é sua reputação com o cliente interno. E isso é um grande desafio para o setor de Gestão de Pessoas de qualquer empresa.

Afinal, a diversidade das equipes torna muito mais difícil criar ações de engajamento e valorização que alcancem as necessidades de todo o time.

O Employer Branding é um projeto de longo prazo, que precisa levar em consideração a definição e entendimento dos valores que sustentam o negócio e que está diretamente ligado a outros projetos, como o employee experience, por exemplo.

Com efeito,  investindo nas relações humanas, sua empresa promove com facilidade o employer branding.

Mas o que impede as boas relações humanas na empresa?

Entendendo as vantagens do investimento em relações humanas, é preciso chamar a atenção do setor de recursos humanos para os fatores que podem impedir seus benefícios para a equipe.

Dentre os principais fatores estão:

  • Falta de empatia por parte de líderes e pares
  • Comunicação cheia de ruídos ou inexistente
  • Desrespeito as diferenças
  • Ambiente arbitrário por parte da liderança
  • Excesso de competitividade e pouca promoção à colaboração

Portanto, é importante que a equipe de Gestão de Pessoas esteja atenta ao clima organizacional. Pronta a identificar os fatores que podem prejudicar o ambiente corporativo e promover ações pontuais para erradicar esses fatores.

Isso é possível a partir da utilização de ferramentas próprias, como a Pesquisa de Clima por exemplo.

ebook gestão de desempenho

E como promover as boas relações humanas?

Não existe um único caminho. Muito menos uma receita de bolo.

Algumas ações podem e devem ser tomadas, para contribuir para a melhora do ambiente e fortalecimento dos vínculos com os colaboradores.

Em resumo, é importante que a empresa invista nos processos de Gestão de Pessoas e trace caminhos dentro desses processos que possibilitem a promoção da satisfação de seus colaboradores.

Dentre os principais processos destacamos:

  • Desenvolvimento e divulgação de planos de carreira e desenvolvimento de colaboradores;
  • Investimento em comunicação assertiva e transparente;
  • Canais de Ouvidoria que possibilitem denúncias de comportamentos preconceituosos ou abusivos e ações que coíbam esses comportamentos;
  • Promoção de escuta ativa nas organizações e implementação de ferramentas que permitam manifestação dos colaboradores (por exemplo Avaliação 360º);
  • Desenvolvimento e preparo da liderança para lidar com equipes heterogêneas;
  • Investimento em atividades e eventos internos que promovam a interação de equipes;
  • Disponibilização de pacotes de benefícios que contribuam para o engajamento e valorização dos profissionais
  • Conscientização das lideranças sobre a importância da qualidade de vida e saúde física e psicológica na organização

Concluindo

Em suma, fica claro que não é possível esgotar as possibilidades com apenas essas ações.

É importante que o setor de Recursos Humanos leve em consideração o modelo de negócio, o perfil da equipe e a realidade da empresa, na formulação de estratégias de fortalecimentos das relações humanas dentro da organização.

Como dissemos acima, não existe uma receita de bolo. Existe um resultado a ser alcançado e uma gama de possibilidades que podem e devem ser pensadas para encontrar o melhor caminho.

Portanto, o departamento de recursos humanos precisa atuar de forma estratégica e integrada com os demais departamentos da empresa, para que a cultura organizacional tenha foco nas relações humanas, criando formas de reconhecer, estimular e valorizar as pessoas, fazendo com que elas sintam prazer em fazer parte da empresa.

Tudo isso irá contribuir para o crescimento da empresa e sucesso do seu negócio.

Agora que você já sabe a importância das relações humanas, você deve estar se perguntando por onde começar. Para isso você pode contar com uma consultoria e softwares de recursos humanos que irão facilitar o trabalho da sua equipe e te ajudar a promover a mudança cultural que sua organização precisa.

Com 25 anos de atuação e experiência a SER tem como foco o desenvolvimento de soluções em Gestão Estratégica de Pessoas. Junto com seus gestores, a SER desenvolve processos personalizados para sua empresa, buscando o crescimento de excelência e o desenvolvimento de equipes de alta performance.

Se sua empresa precisa de ajuda para promover uma transformação cultural, entra em contato conosco. Nosso time de especialistas está pronto para te auxiliar nessa jornada.

E se você gostou do nosso conteúdo, compartilhe nas suas redes sociais.

Aproveite e assine nosso newsletter e receba os melhores conteúdos em Gestão de Pessoas.

Um comentário

  1. Constantino da Silva Silva 23 de setembro de 2020 em 13:25- Responder

    Interessante

Deixar um comentário

Ir ao Topo