Métricas e indicadores de RH: por onde começar?

2019-05-20T10:19:06-03:0016 fevereiro, 2018|Gestão de Desempenho, Talent Management|

Conhecer as principais métricas e indicadores de RH é um importante passo para tomar decisões efetivas e melhorar a gestão de pessoas. Aliás, essas métricas contribuem para reformular o departamento e desenvolver uma gestão mais empática e eficiente.

Também conhecido como KPI (do inglês, Key Performance Indicator), os indicadores podem estar relacionados à satisfação dos funcionários, à competitividade salarial, ao percentual de desligamentos e a outros assuntos importantes.

Continue lendo nosso post e conheça as principais métricas e indicadores de RH e saiba por onde começar a mensurar os resultados em gestão de pessoas. Boa leitura!

Índice de satisfação do empregado (ISE)

Mensurar o contentamento dos trabalhadores é uma tarefa complexa, mas pode se tornar mais fácil com a ajuda o indicador correto. Para iniciar, faça três perguntas ao seu liderado e peça que ele responda com nota de 1 a 10 para cada pergunta.

People Analytics
Entenda tudo sobre esta tendência!eBook SER | People Analytics - Entenda tudo sobre esta tendência

cta_baixe_ebook_gratis_azul

  • O quanto está satisfeito com seu local atual de trabalho?
  • O quanto seu local de trabalho satisfaz suas expectativas?
  • O quão próximo é seu local de trabalho do ideal?

Após coletar as respostas, use o seguinte cálculo para identificar o nível de satisfação:

ISE = [((valor total das respostas ÷ 3) – 1) ÷9] * 100

O ideal é que o resultado fique a cima de 55 pontos de ISE. Abaixo disso é indicado reavaliar as atuais políticas de gestão de pessoas.

Nível de competitividade salarial (NCS)

O salário pode até não ser o fator mais importante no processo de motivação de uma equipe, mas ninguém pode negar sua eficiência no processo de atração e retenção de pessoas talentosas. Logo, é importante saber calcular sua competitividade.

Essa é uma métrica simples de ser encontrada, mas demanda uma boa pesquisa dos salários oferecidos pelas empresas concorrentes no mercado. Feito isso, use a seguinte fórmula para calcular a competitividade do salário oferecido.

NCS = salário oferecido pela sua empresa / média de salário oferecido no seu segmento ou concorrentes

O ideal é um resultado 1:1 ou superior. Se o resultado for inferior é indicado reavaliar a política salarial da empresa — afinal, ninguém deseja trabalhar onde pagam mal.

People Analytics
Entenda tudo sobre esta tendência!eBook SER | People Analytics - Entenda tudo sobre esta tendência

cta_baixe_ebook_gratis_azul

Employee Churn Rate

Mais conhecido como taxa de turnover, esse indicador é usado para identificar o percentual de funcionários que deixam a empresa em determinado período. Quando elevado, representa sérios problemas de retenção de talentos no negócio.

O cálculo do Employee Churn Rate é relativamente simples e demanda apenas duas informações principais: o número total de funcionários em determinado período e o número total de desligamentos. Veja:

Turnover = número total de desligamentos / número total de funcionários

É indicado que a pesquisa seja realizada com base em um ano de atividade da empresa. O resultado ideal fica na média de 10% — acima disso é considerado elevado.

Essas são as principais métricas e os indicadores de RH. Aproveite para usá-las dentro de sua empresa para ter informações mais claras e precisas a fim tomar decisões ágeis e estratégicas no dia a dia do seu negócio.

Agora que já sabe sobre o assunto, compartilhe nosso conteúdo em suas redes sociais. Contribua para que seus amigos também fiquem por dentro do tema!

Leave A Comment