As áreas de Suporte e Customer Success são distintas, mas podem trabalhar juntas para otimizar a satisfação do cliente. Continue a leitura e entenda como.

As áreas de Suporte e Customer Success já são bastante conhecidas no mundo dos negócios. Elas ajudam a estabelecer um melhor relacionamento com os clientes, assim como gerar satisfação.

Mas afinal, quais são as diferenças entre Suporte e Customer Success? Do objetivo ao método de interação com os clientes, passando pelas tecnologias usadas para o expediente de trabalho. Por essa razão, em várias empresas, é comum a coexistência dos dois setores, o que pode ser vantajoso aos consumidores.

Nos próximos tópicos, esclarecemos as diferenças entre Suporte e Customer Success. Também explicamos porque esses setores devem atuar juntos. Continue a leitura.

Entenda o que você precisa saber
sobre
Avaliação de DesempenhoCapa eBook Guia da Avaliação de Desempenho

Já pensou em impulsionar os resultados da sua empresa com um software de gestão de performance de vendas? Descubra como escolher o melhor para você!

Objetivo do setor

O suporte é um setor mais antigo e conhecido, muitas vezes chamado de SAC (Serviço de Atendimento ao Cliente). Seu objetivo é eliminar certas dúvidas ou ouvir sugestões do cliente, depois solucionar o problema ou encaminhar à divisão competente.

Já o Customer Success (ou sucesso do cliente), o acompanha para que ele faça melhor uso da ferramenta disponibilizada pela empresa. Seu objetivo é garantir que o consumidor tenha resultados com o produto. Dessa forma, há um relacionamento próximo.

Assim, se no primeiro caso o objetivo é oferecer um suporte mais paliativo (tirando dúvidas, por exemplo), no segundo o intuito é garantir que o cliente tenha sucesso ao usar adequadamente a ferramenta da empresa (um software, por exemplo).

Método de trabalho

Outra diferença está na forma de trabalho dos setores. No caso do Suporte, há contatos mais curtos e menos polidos, dedicados a solucionar certos problemas. Os clientes são identificados por meio de tickets ou chamadas, geralmente por telefone.

Em contrapartida, no Customer Success, o relacionamento é pensado no longo prazo, sendo mais polido e dedicado a estabelecer uma comunicação bem-sucedida. O intuito não é, necessariamente, solucionar problemas, mas garantir que o cliente tenha bons resultados.

Em resumo, o método de trabalho do Suporte é mais objetivo, enquanto o Customer Success pode passar anos acompanhando um mesmo cliente. No segundo caso, a ideia é criar uma relação de longo prazo, com respeito e ganhos mútuos.

Métricas de desempenho

Como os objetivos e método de atuação são distintos, a forma de medir o desempenho desses dois setores também é. Eles contam com um conjunto de indicadores-chave de desempenho e métricas, que podem ter origens de dados completamente diferentes.

Entenda o que você precisa saber
sobre
Avaliação de DesempenhoCapa eBook Guia da Avaliação de Desempenho

Já pensou em impulsionar os resultados da sua empresa com um software de gestão de performance de vendas? Descubra como escolher o melhor para você!

No caso do Suporte, é comum medir o tempo médio das ligações, o total de problemas solucionados e a satisfação do cliente com as soluções propostas. Esses indicadores são monitorados de maneira recorrente.

Por outro lado, o Customer Success conta com indicadores mais complexos e medidos a médio e longo prazo. Como exemplo, podemos citar o nível de lealdade do cliente (por meio do Net Promoter Score) e a satisfação com o produto usado. Logo, há uma visão focada em períodos maiores.

Apesar das diferenças, esses setores não se anulam. Eles podem (e devem) trabalhar juntos para garantir a melhor experiência do público-alvo, bem como tornar a firma mais próspera. Enquanto um está focado na solução de problemas de curto prazo, o outro está empenhado no sucesso do cliente. Juntos, alcançam grandes resultados.

Agora que você entende as diferenças entre Suporte e Customer Success, aproveite para nos seguir nas redes sociais e ficar por dentro das nossas novidades. Estamos no Facebook e LinkedIn!