Entenda o papel da inteligência emocional na gestão de pessoas

2019-06-07T11:11:48-03:0010 abril, 2019|Gestão de Pessoas|

A inteligência emocional é uma habilidade muita buscada nos colaboradores, pois traz excelentes resultados para as organizações. Conheça mais sobre esse assunto, que merece atenção e investimento!

A inteligência emocional nunca foi tão valorizada no ambiente corporativo como agora. A capacidade de identificar as emoções e saber lidar com elas faz com que os profissionais consigam ter um relacionamento saudável e colaborativo com os colegas, além de um desempenho que supere as expectativas.

As emoções refletem em todos os âmbitos da nossa vida. Por isso, os gestores já entenderam que promover o autoconhecimento e o amadurecimento emocional impacta positivamente nos resultados das organizações.

Desenvolver essa competência permite lidar melhor com situações de estresse. Ajuda a passar por momentos de crise e a reagir bem em situações de pressão. Esses são só alguns motivos de porque a inteligência emocional tem assumido um papel importante para os negócios. Siga a leitura e conheça mais algumas razões!

Um instrumento de gestão de pessoas mais humano

Organizações que têm um olhar diferenciado para a saúde mental do colaborador colhem bons frutos. Cada vez mais, os gestores têm entendido que uma rotina exageradamente atribulada, com afazeres ininterruptos e cobranças em excesso, prejudicam o trabalhador e, consequentemente, os resultados.

Aprenda como Melhorar seus Processos

com as Melhores Práticas!

Guia sobre: gestão de pessoas na empresa

cta_baixe_ebook_gratis_azul

Preencher cada minuto do horário de trabalho com tarefas e mais tarefas não dará o tempo necessário para respirar e pensar sobre o que está sendo feito, o que pode ajudar a aflorar qualquer sentimento negativo que esteja rondando esse funcionário.

Incluir um tempo para higiene mental e o atendimento de um profissional capacitado, para que o colaborador possa dirimir dúvidas e dividir os receios e as conquistas, fará com que a percepção que ele tem do mundo e de suas emoções aumente. Por isso, psicólogos são peças fundamentais em um departamento de RH.

Os benefícios do investimento em inteligência emocional

Ter um setor de recursos humanos que atue de forma estratégica e que conte com uma equipe multidisciplinar não pode ser visto como um luxo nas empresas. Investir em tecnologia e capital humano para o RH é fundamental, e refletirá em todos os outros setores.

O recursos humanos é o motor das organizações e precisa assumir esse protagonismo. Os investimentos em mão de obra qualificada e em um profissional que ajude a desenvolver a inteligência emocional da equipe é irrisório frente às vantagens dessa prática.

Um empregado que lide bem com as emoções saberá separar as questões pessoais e profissionais, tendo uma vida saudável dentro e fora da empresa. Promover a felicidade do colaborador é tão eficiente para o engajamento com a empresa e para a satisfação no trabalho quanto promover treinamentos e capacitações.

Um funcionário que conheça seus pontos fortes e fracos, que saiba passar por momentos difíceis sem se deixar abater, além de comemorar os bons momentos sem ser levado pela euforia e perdendo o foco, entregará o que tem de melhor para a empresa.

O autoconhecimento, uma ferramenta de desenvolvimento

Para atingir esse patamar, o colaborador precisa se conhecer. Com o crescimento do entendimento de si próprio, a compreensão do outro e o exercício da empatia crescem junto. Quando a equipe é composta por pessoas que sabem se colocar no lugar do outro e enxerguem no colega um companheiro e não um adversário, diferentes personalidades convivem harmoniosamente e o clima organizacional é o melhor possível.

Aprenda como Melhorar seus Processos

com as Melhores Práticas!

Guia sobre: gestão de pessoas na empresa

cta_baixe_ebook_gratis_azul

Como se tudo isso não bastasse, um profissional com alta inteligência emocional tem clareza nas decisões. Estratégias bem implementadas e claramente difundidas na organização são ferramentas importantes de redução de custo, otimização de processos e pavimentam o caminho para o sucesso.

Uma gestão de pessoas preocupada com a inteligência emocional dos funcionários atrai novos colaboradores, diminui indicadores, como absenteísmo, turnover e reclamações trabalhistas, e aumenta muito a produtividade, a motivação e o engajamento da equipe.

Por isso, dar o devido valor à inteligência emocional é um item obrigatório nas empresas que se destacam no mercado! Outra ferramenta imprescindível para as organizações é a matriz de talentos. Com ela, você avalia e desenvolve sua equipe de forma eficiente, e garante os melhores talentos! Interessante, né?

Então, baixe já este e-book e se torne um especialista no assunto!