Avaliação de desempenho: o que fazer com o resultado?

2021-11-08T10:23:12-02:008 novembro, 2021|Sem categoria|

Acompanhe nesse artigo o que fazer com os resultados obtidos na avaliação de desempenho de seus colaboradores.

A avaliação de desempenho é uma ferramenta que vem sendo implantada de forma crescente nas organizações. Sua eficiência no apontamento de habilidades que devem ser valorizadas e aquelas que precisam ser desenvolvidas, tem proporcionado ao setor de recursos humanos, dados relevantes para a gestão do capital intelectual das organizações.

Afinal, um dos maiores desafios do setor é a gestão de talentos e a construção de uma equipe de alta performance, capaz de realizar entregas exponenciais para a empresa. Isso, aliado à necessidade da organização de se manter inovativa e sustentável em um mercado volátil, tornam essa ferramenta uma estratégia de acompanhamento de performance indispensável.

Qual é o benefício da avaliação de desempenho?

A avaliação de desempenho proporciona ao colaborador autoconhecimento, e esse é um conhecimento indispensável ao seu desenvolvimento. Já que, para que mudanças possam ocorrer, é preciso que haja um reconhecimento dos pontos críticos.

De forma geral, esse reconhecimento não se dá de forma aleatória ou solitária. É preciso que haja a intervenção dos pares, o olhar dos líderes e a reflexão dos pontos apresentados, de forma que esse colaborador se identifique com as características apontadas. Só assim ele estará aberto as mudanças necessárias para o progresso de sua vida pessoal e profissional.

Por outro lado, para os gestores, a avaliação de desempenho é uma oportunidade de trazer clareza sobre o desempenho de seus colaboradores. O que muitas vezes pode se confundir com desinteresse ou baixo envolvimento com as atividades, em uma avaliação de desempenho, fica claro para o gestor, as necessidades de ações de treinamento e desenvolvimento de habilidades técnicas ou comportamentais.

Em suma, a avaliação de desempenho é uma ferramenta de transformação para a equipe e para a empresa, pois permite uma análise de perfil detalhada das habilidades que a equipe já possui e quais precisa desenvolver.

Mas o que fazer depois da avaliação?

A aplicação da avaliação de desempenho é uma atividade operacional, e, portanto, de fácil implantação. Inclusive, essa é uma atividade que pode ser totalmente automatizada através softwares de RH.

No entanto, as mudanças no mercado têm exigido do setor de recursos humanos um posicionamento mais estratégico na gestão de pessoas. Mas o que isso necessariamente tem a ver com a avaliação de desempenho? Simples. Não basta aplicar a avaliação e conhecer seus resultados. É preciso saber o que fazer com esses resultados.

É aqui que entra o RH estratégico: na análise dos dados gerados pela avaliação de desempenho. Sendo assim, o setor de recursos humanos atuará na análise dos dados e na construção de estratégias para tratativa dos pontos destacados na avaliação. Sejam esses pontos os críticos, que precisam ser desenvolvidos, ou os fortes, que devem ser valorizados.

Em resumo, ter esse conhecimento sobre a equipe é que norteará as ações do setor de recursos humanos no desenvolvimento de estratégias que proporcionem ao negócio vantagem competitiva, sustentabilidade e resultados rentáveis.

Por outro lado, a partir do autoconhecimento dos colaboradores, é possível planejar seu desenvolvimento e estabelecer metas claras e objetivas para isso.

E por onde começar?

Fica claro então que não basta a implantação e aplicação da avaliação de desempenho, para garantir a eficiência dessa ferramenta. Após a aplicação e análise dos dados, é preciso que o setor de recursos humanos promova uma série de ações que permitam que essa ferramenta seja potência de transformação na equipe de colaboradores.

Quer saber como começar? Vem com a gente.

1 – Ofereça e receba feedback

É, tudo começa no feedback. Essa ferramenta que unida à avaliação de desempenho é capaz de promover mudanças exponenciais na empresa. Nós já trouxemos aqui diversos artigos tratando da importância do feedback e suas diferenças.

Após a avaliação de desempenho, o feedback é primordial para trazer esclarecimento ao colaborador, quanto as mudanças que precisarão ser implementadas para seu desenvolvimento.

Portanto, a valorização do feedback como ferramenta de melhoria contínua, é uma estratégia que pode contribuir muito nas ações pós avaliação, visando o desenvolvimento da equipe e da empresa.

2 – Estabeleça metas

Assim como a avaliação de desempenho depende do feedback para promover mudanças, sem o estabelecimento de metas todo o trabalho fica comprometido. Portanto, após o feedback é muito importante que líder e liderado sejam orientados pelo RH quanto a montagem de um plano de ação e o estabelecimento de metas para alcance dos objetivos de desenvolvimento.

Para isso, é interessante que o setor de recursos humanos lance mão de outras ferramentas de apoio como o PDI por exemplo. Assim sendo, fica mais fácil para o colaborador saber como alcançar o resultado esperado.

3 – Acompanhe o desenvolvimento de seus colaboradores

Para garantir que tanto avaliação de desempenho quanto o plano de desenvolvimento sejam cumpridos, é muito importante acompanhar todo o processo de perto. Um plano de ação nunca é algo definitivo e fechado. O acompanhamento do processo permite que ajustes sejam feitos na medida em que os cenários mudam.

De fato, o mais importante no acompanhamento é perceber o que precisa ser adaptado e garantir que os objetivos sejam alcançados, dentro do prazo estipulado. Quando não existe acompanhamento, é possível que estourado o prazo, não alcancem os resultados em decorrência de situações que poderiam se corrigir em tempo hábil.

E por que não contratar uma consultoria?

Garantir que a utilização da avaliação de desempenho de maneira correta e com isso promover a melhoria contínua na gestão de pessoas não é uma tarefa impossível. Mas exige do RH um posicionamento estratégico que o força a sair do espaço operacional.

Para que essa mudança ocorra de maneira mais eficiente é possível contar com o apoio de uma consultoria e com ferramentas adequadas de gestão de pessoas. Aqui na SER desenvolvemos processos em gestão de pessoas customizados à necessidade de sua empresa.

Para isso, nossos consultores se preocupam em conhecer o perfil dos colaboradores de sua empresa e a cultura organizacional. Tudo isso, para oferecer aos seus colaboradores a melhor experiência na gestão do capital intelectual.

A partir desse conhecimento e da implantação da ferramenta SER HCM, é possível não só automatizar a avaliação de desempenho, como implantar outros processos de desenvolvimento e acompanhamento do potencial dos seus colaboradores.

Quer conhecer nosso trabalho e proporcionar ao seu RH uma experiência mais estratégica, menos operacional e respeitando o jeito de SER da sua empresa? Entre em contato conosco e nos permita transformar a gestão de pessoas de sua empresa, oferecendo aos seus colaboradores experiências exponenciais.

Gostou desse artigo? Que tal receber diretamente em seu e-mail os melhores conteúdos em gestão de pessoas? Corre aqui e assine nossa Newsletter!

Compartilhar este Artigo

Deixar um comentário

Ir ao Topo