Entenda como funciona a remuneração para executivos

2019-05-13T20:23:31-03:001 fevereiro, 2019|Gestão de Pessoas|

É muito importante que você entenda mais sobre remuneração executiva pois via de regra os executivos são atraídos pelas grandes corporações não somente pelo desafio, mas pela proposta financeira em especial o chamado “ bônus” que vem em sua maioria fazendo com que a organização faça um “ turn around”, ganhos de Market share, em volume e receita, corte de despesas, reestruturação, voltar ser competitivo com lançamentos de produtos e/ou serviços inovadores, aquisição de empresas que visem complementar seu portfolio entre outros.

Nesta medida, se pode imaginar que os desafios são enormes e que o corpo diretivo irá colocar pressão no time para o atingimento das metas. Normalmente se estabelece bônus polpudos variando entre 4 a 8 salários e nos casos de multinacionais, atrelados aos salários vem a possibilidade de ganhos de ações (stoks) da empresa ou mesmo a possibilidade de compra com valores bem abaixo do mercado.

Entenda de forma simples como fazer
uma boa Política de Remuneração!

eBook Remuneração

cta_baixe_ebook_gratis_azul

Para exercício das multinacionais é necessários em sua maioria cumprir algumas regras, onde o tempo de permanência na empresa é parte do jogo, ou seja, funciona também como retenção, para se evitar que o executivo no 1º ou 2º ano ganhe seu bônus e aceite outra proposta do mercado. Isso impactaria sobre a maneira que foi realizado, conquistado e também trata-se de um mecanismo que compromete o executivo com os resultados alcançados, fazendo com os mesmos sejam de forma consistente e não ações pontuais que serviram apenas para ganho do bônus e que em seguida se percebe que foi como a construção de castelo na areia.

Assim, podemos sintetizar que a remuneração executiva, vem acompanhada do salário fixo, benefícios do mercado, porém o componente variável cabe a cada organização estabelecer a sua sendo mais ou menos agressiva de acordo com seus objetivos de curto, médio e longo prazos.

Outro aspecto que vale ressaltar que os programas de remuneração em sua maioria devem ser auto sustentado, serem auto financiados, observando que as grandes corporações normalmente consideram a remuneração total composta de Salário fixo, Variável e benefícios e a quantificação destes valores são comparados junto ao mercado com empresas de mesmo porte e/ou segmento, região, assim se mantêm competitivas atendendo a estratégia traçada para a remuneração dos seus executivos.

Texto produzido por Fernando Curral e Carlos Eduardo Oliveira da People Right, Parceira SER em implementação de Gestão Estratégica de Remuneração.