Plano de sucessão: entenda a importância para sua empresa

2019-05-14T10:07:10-02:001 novembro, 2018|Gestão de Pessoas|

O plano de sucessão garante que os cargos importantes sejam ocupados pelos talentos certos, o que aumenta a eficiência da empresa.

O plano de sucessão representa o estudo dos principais cargos da organização, bem como a definição dos colaboradores com competências técnicas e comportamentais mínimas para ocupá-los no futuro — objetivando desenvolvê-los antecipadamente.

Em razão disso, garante que as funções estratégicas tenham profissionais suplentes, isto é, talentos devidamente treinados para fazer a sucessão. Isso é diferente do plano de carreira, que representa os cargos que cada profissional poderá ocupar na empresa, segundo o seu tempo de “casa” e seus resultados entregues.

Há diversos benefícios no plano de sucessão. Nós separamos alguns dos principais e como podem ser aproveitados na sua empresa. Portanto, leia os próximos tópicos!

Garante a sucessão nas funções estratégicas

Existem cargos essenciais ao bom funcionamento da empresa, afinal, lideram uma série de pessoas e tomam decisões realmente importantes. Cargos que estão no topo da “pirâmide” organizacional são um bom exemplo — diretores, chefes, gerentes etc.

Imagine que o diretor de marketing da empresa é demitido e não há ninguém do time que possa substituí-lo. Contratar alguém de fora também dá muito trabalho e poderia levar meses. Logo, as tarefas se acumulam e o negócio perde em competitividade.

Nesse caso, o ideal é ter alguém da equipe preparado para fazer a sucessão, um profissional suplente. Esse talento deve estar treinado e conhecer as atividades-chave.

Entenda o que é Gestão de Desempenho
e qual é o real papel do Líder dentro das Organizações!

cta_baixe_ebook_gratis_verde

Otimiza a retenção de bons funcionários

Reter talentos é crucial ao negócio, até porque não é fácil encontrar profissionais com competências técnicas e comportamentais específicas à empresa.

Nesse sentido, o plano de sucessão é uma ferramenta única, oferecendo a perspectiva de crescimento na empresa e garantindo que os talentos sejam reconhecidos. Portanto, seu estabelecimento gera motivação para que o profissional continue no quadro de trabalho por longos anos.

Se você ainda não considera a retenção uma prioridade, é bom refletir mais sobre o tema. Em nível mundial, 38% dos empregadores têm dificuldades na aquisição de talentos.

Facilita o desenvolvimento dos talentos mais importantes

Todo profissional deve crescer continuamente e desenvolver novas competências para trabalhar com excelência. Todavia, nem sempre há o estímulo correto para isso.

Quando há um plano de sucessão, por outro lado, a motivação para crescer é maior. Os próprios talentos desejarão participar de cursos, palestras e eventos corporativos. Além disso, estarão mais entusiasmados para aplicar no trabalho o que foi aprendido.

No entanto, é papel da empresa identificar e comunicar os pontos fracos que devem ser desenvolvidos, bem como criar as condições necessárias para que isso aconteça.

Aumenta a produtividade diária

Para finalizar, é crucial lembrar que, quando os profissionais enxergam a perspectiva de crescimento, também se tornam mais produtivos, afinal, almejam chegar ao topo.

Em geral, a produtividade nas empresas é baixa. Alguns estudos indicam que menos da metade do expediente é produtivo. Ao criar o plano de sucessão, é possível mudar esse cenário, motivar os atuais talentos e garantir que atuem com alta produtividade.

Esses são apenas alguns dos principais benefícios, mas existem outros. O plano de sucessão permite conhecer melhor os profissionais, gera estabilidade e aumenta a competitividade do negócio.

Agora que você está por dentro do tema, aproveite para continuar aprendendo conosco. Leia nosso artigo sobre como fazer uma gestão de carreira e fidelizar seus colaboradores.