Gerenciamento de pessoas ajuda a identificar talentos e incentivá-los

2020-04-06T14:32:24-03:0021 março, 2016|Estratégia Corporativa|

Conhecer seus colaboradores e investir para identificar talentos faz com que a produtividade aumente

Funcionários mais engajados e motivados são mais produtivos, e a maioria das companhias já percebeu essa relação; pelo menos é o que aponta o estudo “Global Human Capital Trends 2016: The new organization, Different by design”, que indica que 86% dos empresários brasileiros acreditam que o engajamento é importante ou muito importante para o funcionamento da empresa. Confira no mapa abaixo os países que também participaram da pesquisa (apenas em inglês).

As empresas entendem que, quando os funcionários estão engajados, todos os outros aspectos importantes, como inovação, relacionamento com o cliente, excelência operacional, sustentabilidade, marca e reputação, se resolvem automaticamente. Porém, segundo a pesquisa, apenas 13% dos trabalhadores estão de fato engajados com seus trabalhos.

Para melhorar esses índices, as empresas têm investido em seus próprios talentos. É preciso identificar em quais competências cada funcionário se destaca e, assim, investir nele. É necessário que o líder saiba reconhecer as habilidades dos seus companheiros para apostar neles com capacitações, realocações de funções ou até mesmo com recompensas, como bonificações.

ebook gestão de telentosPowered by Rock Convert

Na pesquisa realizada em 2015 pela Michael Page, entre os principais motivos de insatisfação dos funcionários de grandes empresas, a má gestão está em primeiro lugar (21%), seguida pela falta de reconhecimento e feedback, cada um com 12%.

Pensando junto com os profissionais de RH (Recursos Humanos) e os empresários, a SER aposta em um recurso para auxiliar os líderes a identificar esses talentos e incentivá-los. O Casting é uma solução em formato de app que ajuda os lojistas a acompanhar a performance de cada um dos seus colaboradores, para que, assim, seja possível enxergar qual é a necessidade individual deles.

No Casting, o varejista encontra diversas formas de avaliar o funcionário. O talent grid, por exemplo, aponta – por função e funcionário – o desemprenho baseado no investimento em treinamentos. Os gráficos de vendedores, que são atualizados diariamente com as metas de cada um, apontam como estão as vendas e o desenvolvimento dos colaboradores.

Conheça mais sobre o Casting e como ele pode beneficiar os empreendedores na gestão de pessoas, motivando seus colaboradores e tornando o local de trabalho mais produtivo.

Deixar um comentário