Gerenciamento de pessoas ajuda a identificar talentos e incentivá-los

2019-05-10T12:41:23-03:0021 março, 2016|Estratégia Corporativa|

Conhecer seus colaboradores e investir para identificar talentos faz com que a produtividade aumente

Funcionários mais engajados e motivados são mais produtivos, e a maioria das companhias já percebeu essa relação; pelo menos é o que aponta o estudo “Global Human Capital Trends 2016: The new organization, Different by design”, que indica que 86% dos empresários brasileiros acreditam que o engajamento é importante ou muito importante para o funcionamento da empresa. Confira no mapa abaixo os países que também participaram da pesquisa (apenas em inglês).

gráfico engajamento e performance

As empresas entendem que, quando os funcionários estão engajados, todos os outros aspectos importantes, como inovação, relacionamento com o cliente, excelência operacional, sustentabilidade, marca e reputação, se resolvem automaticamente. Porém, segundo a pesquisa, apenas 13% dos trabalhadores estão de fato engajados com seus trabalhos.

Para melhorar esses índices, as empresas têm investido em seus próprios talentos. É preciso identificar em quais competências cada funcionário se destaca e, assim, investir nele. É necessário que o líder saiba reconhecer as habilidades dos seus companheiros para apostar neles com capacitações, realocações de funções ou até mesmo com recompensas, como bonificações.

Reconheça talentos e desenvolva funcionários
a partir da Matriz de Talentos!

Gestão de Talentos

cta_baixe_ebook_gratis_azul

Na pesquisa realizada em 2015 pela Michael Page, entre os principais motivos de insatisfação dos funcionários de grandes empresas, a má gestão está em primeiro lugar (21%), seguida pela falta de reconhecimento e feedback, cada um com 12%.

Pensando junto com os profissionais de RH (Recursos Humanos) e os empresários, a SER aposta em um recurso para auxiliar os líderes a identificar esses talentos e incentivá-los. O Casting é uma solução em formato de app que ajuda os lojistas a acompanhar a performance de cada um dos seus colaboradores, para que, assim, seja possível enxergar qual é a necessidade individual deles.

No Casting, o varejista encontra diversas formas de avaliar o funcionário. O talent grid, por exemplo, aponta – por função e funcionário – o desemprenho baseado no investimento em treinamentos. Os gráficos de vendedores, que são atualizados diariamente com as metas de cada um, apontam como estão as vendas e o desenvolvimento dos colaboradores.

Conheça mais sobre o Casting e como ele pode beneficiar os empreendedores na gestão de pessoas, motivando seus colaboradores e tornando o local de trabalho mais produtivo.

Leave A Comment