Gestão de pessoas: quais os impactos de novas tecnologias?

2019-06-05T15:44:00-03:0014 julho, 2017|Estratégia Corporativa, Talent Management, Tecnologia para RH|

Entenda como as novas ferramentas e processos tecnológicos podem impactar na gestão de pessoas da sua empresa.

Um dos maiores desafios dos profissionais de recursos humanos (RH) é praticar uma gestão de pessoas moderna e atualizada, com foco na integração de pessoas e na estratégia do negócio, compartilhando informação e produzindo resultados. Para que isso ocorra, é preciso buscar soluções tecnológicas e ajustá-las aos objetivos da empresa.

Dessa forma, a tecnologia deve andar alinhada com as metas da organização para conciliar a estratégia traçada, de forma a conectar parceiros e pessoas com a empresa, gerando melhores resultados. Na área de gestão de pessoas, as novas tecnologias auxiliam, entre outros casos, na avaliação de competências, planos individuais, gestão de metas e planos de desenvolvimento para os funcionários.

Entretanto, quais são os impactos de novas tecnologias na gestão de pessoas?

Entenda o que é Gestão de Desempenho
e qual é o real papel do Líder dentro das Organizações!

1. Automatização de processos

A automatização de processos possibilita tornar as rotinas de gestão de pessoas mais eficientes e estratégicas, o que contribui para que o setor de RH assessore a organização no crescimento empresarial.

Um sistema de gestão adequado torna viável o acesso a novas informações, contudo é preciso uma visão de liderança para saber interpretar os dados disponíveis no sistema.

Partindo dessa lógica, o departamento de tecnologia da informação (TI) da empresa deve ser envolvido para fazer parte do processo e poder contribuir para a efetivação de soluções adequadas às necessidades da organização.

2. Mais agilidade na gestão de pessoas

Nos últimos anos, as soluções em softwares para gestão de pessoas passaram a ser consideradas ferramentas fundamentais para aperfeiçoar o processo interno de mudança, conectando empresa e colaboradores, e ainda facilitando a integração e a democratização do conhecimento nas organizações.

Com a implantação de softwares, o RH ganha em eficiência na apuração de dados, e os colaboradores se tornam mais independentes, tendo acesso a informações úteis para eles também.

3. Consolidação do RH como setor estratégico

Nos últimos anos, o modelo de RH operacional não atende mais às necessidades das empresas. Por isso, surgiu a necessidade de o setor se transformar constantemente, buscando soluções tecnológicas, tornando-se mais flexível e dinâmico, e, consequentemente, assumindo uma posição mais estratégica nas organizações, contribuindo para a competitividade do negócio.

O atual modelo de gestão competitiva de pessoas recomenda que o capital humano deve ser fonte de vantagem. Assim, a área de RH também deve assumir uma postura de constante geração de valor para o negócio.

Entenda o que é Gestão de Desempenho
e qual é o real papel do Líder dentro das Organizações!

4. Redução de custos

A tecnologia contribui para a redução de custos na medida em que agiliza os processos de gestão de pessoas, otimizando o trabalho da equipe de RH, que, além de mensurar mais rapidamente os resultados, ainda o faz com mais precisão.

Então, o desafio do profissional da área de gestão de pessoas, na atualidade, passa ser o de gerar e analisar informações, propondo um planejamento estruturado e confiável para o crescimento da empresa.

Finalmente, partindo do princípio de que a sinergia entre colaboradores e processos garante mais eficiência econômica, é preciso ter em mente que a administração das pessoas, aliada à tecnologia, maximiza o resultado financeiro da organização e contribui para o melhor desempenho dos colaboradores.

Gostou deste post sobre os impactos de novas tecnologias na gestão de pessoas? Siga-nos no Facebook e LinkedIn para acompanhar mais conteúdos como este!