Descubra como acompanhar a curva de aprendizagem dos colaboradores

2020-02-05T10:37:59-03:005 fevereiro, 2020|Educação Corporativa|

Entenda o que é curva de aprendizagem e qual o passo a passo para criar uma para os seus colaboradores

Mesmo que tenha experiência no mercado, um novo colaborador que entra na sua empresa precisa de um tempo para aprender a melhor forma de exercer sua função e gerar resultados. Isso também acontece toda vez que um funcionário precisa realizar uma atividade ou resolver um problema totalmente novo.

O tempo que um colaborador demora para atingir o auge da sua produtividade em determinada tarefa — ou seja, o período necessário para que consiga executá-la de modo eficiente — pode ser representado de forma gráfica pela chamada curva de aprendizagem.

Acompanhar e buscar formas de reduzir esse tempo, aumentando a inclinação da curva, é essencial para contar com um time de alta performance dentro da sua empresa.

Entenda agora como acompanhar a curva de aprendizagem dos colaboradores do seu negócio!

Crie metas e indicadores

Antes de qualquer processo, é essencial criar indicadores e metas. Eles devem ser bastante específicos e objetivos, de forma que você possa mensurar esses indicadores ao longo do tempo. Também é importante que procure analisar tais informações para visualizar a evolução da aprendizagem do time.

Monitore dados de desempenho

Monitorar o desempenho é um dos pontos centrais do acompanhamento da curva de aprendizagem dos colaboradores. Para isso, utilize ferramentas tecnológicas que possibilitem a análise do desempenho do time de tempos em tempos.

npsPowered by Rock Convert

Esses dados servirão de insumo para que você crie uma curva de aprendizagem e acompanhe a evolução dos profissionais que fazem parte da empresa.

Analise as informações

Com os dados em mãos, você já pode realizar análises estatísticas para determinar a curva de aprendizagem. Algumas informações são centrais nesse momento, como o desempenho do time e o resultados dos indicadores calculados.

Além disso, é importante que você identifique pontos de mudança, ou seja, diferentes atividades que os colaboradores precisarão realizar ou tipos de treinamentos que serão ministrados. Isso porque a curva pode sofrer alterações ao passo que novos eventos são inseridos no contexto de trabalho.

Determine a curva graficamente

Por fim, para acompanhar a curva de aprendizagem do time, é essencial que você tenha acesso a ela de forma visual (gráfica). Pode parecer fácil analisar dados numéricos, mas procure organizar essas informações em um gráfico para tornar tudo mais simples.

Essa representação ajuda na hora de analisar, buscar formas de intervir e, inclusive, mostrar para o colaborador como anda a curva de aprendizagem dele. Esse feedback é essencial para que o time permaneça engajado no próprio desenvolvimento e na melhoria dos resultados gerados.

A curva de aprendizagem é um indicador muito importante para a gestão de pessoas. Quando ela se mostra mais inclinada, indica que os colaboradores aprendem a exercer as suas funções rapidamente. Logo, analisar esse gráfico e acompanhar suas variações é essencial para garantir que você está utilizando as melhores estratégias de treinamento e desenvolvimento do time, potencializando os resultados gerados pela sua equipe!

Quer saber mais sobre o assunto? Então, leia o nosso próximo artigo e descubra a importância de investir em treinamento e em capacitação de funcionários dentro da sua empresa!

Deixar Um Comentário