Como as mudanças causadas pela pandemia vão afetar o RH no futuro

2020-06-01T14:10:00-03:001 junho, 2020|Talent Management|

O mundo todo vive um momento de grande medo, tensão e instabilidade. Milhares de pessoas estão preocupadas com a mais nova pandemia e buscam encontrar soluções para vencer a doença COVID-19. No Brasil, desde março de 2020, empresas, escolas, hospitais e demais locais públicos se atentam para os alertas e orientações da OMS e iniciam um momento de precaução, com ações mais pontuais.

É fato que nos próximos anos ocorrerá diversas transformações no mundo do trabalho. O setor de Recursos Humanos já esta em meio a esse furacão. A gestão de pessoas precisa, nesse momento extremamente delicado, se desdobrar e reinventar para manter e engajar os profissionais.

Diante a necessidade de isolamento social para controlar a propagação da COVID-19, as organizações buscam outras maneiras parar não parar seu negócio e seguir com suas atividades. A preocupação da gestão de Recursos Humanos é grande com o bem estar dos colaboradores. Essa situação cria um ambiente de tensão e ansiedade, por isso é preciso manter a equipe tranquila e segura.

Quer saber mais sobre impactos dessa pandemia? Continue a leitura e veja quais novidades tecnológicas as empresas terão para essa nova realidade.

Novo cenário

A pandemia da COVID-19 obrigou diversas empresas a adotarem uma nova realidade: o trabalho remoto ou mais conhecido como home office. As organizações criaram o comitê de crise para centralizar e direcionar as ações frente a este novo cenário. É muito importante que este comitê se organize com antecedência, se prepare e atue de forma permanente, sempre com ética e cuidado na tomada de decisões.

Com seus colaboradores em casa, as empresas tiveram que se reinventar e incentivar a comunicação remota, como por exemplo, reuniões pode vídeochamadas. Um desafio para a gestão de pessoas é como gerenciar o desempenho da equipe à distância, visto que alguns colaboradores abusam desse método de trabalho.

As organizações precisam criar uma política de trabalho remoto que esclareça o que é a metodologia de trabalho home office, por que motivo foi implementado, quem são as pessoas selecionadas para estar em casa e como será feito o acompanhamento. Isso deve alinhar as expectativas da empresa e a conduta dos colaboradores, tenho em mente todo o apoio que receberão diante esse momento.

Com esse novo cenário e as empresas tiveram que readequar seus processos e, isso, trará grandes vantagens e mudanças para o futuro. Com a redução de despesas com aluguéis de imóveis, redução do absenteísmo, maior interesse pelos jovens, a modalidade de trabalho será a tendência nos próximos anos.

Inovações tecnológicas

Com a rotina de trabalho home office, o trabalho se tornará mais flexível. A solução imediata para enfrentar esse momento foi implementar sistemas e suporte tecnológicos mais inovadores para facilitar o trabalho móvel. Os líderes estão descobrindo como as equipes podem colaborar à distância melhorar sua capacidade de gerenciar com base em resultados e objetivos, e não pela presença dos colaboradores.

guia avaliação de desempenhoPowered by Rock Convert

Quando tudo retomar a sua normalidade, as empresas terão que repensar a forma de trabalho. Será necessário redobrar as técnicas de limpeza, o distanciamento entre as pessoas e a real necessidade dos colaboradores estarem in loco. Mesmo acostumado com o conforto que a tecnologia proporcionou no passado, todos se tornarão mais adeptos às soluções tecnológicas pós-pandemia.

Com a utilização de novos sistemas, alavancando a tecnologia na rotina de trabalho, será possível de oferecer suporte remotamente, arquivar e acessar informações em tempo real e de qualquer local. Além disso, por mais que parece difícil, é possível controlar a produtividade e desempenho dos colaboradores.

Os gestores podem criar tarefas para sua equipe, acompanhar a evolução das atividades, medir a produtividade e resultados, criar indicadores e mensurar tempo de trabalho. Desta forma é possível criar um plano de ação para processos críticos e tomar decisões de forma mais assertiva.

Mudanças para o futuro

O novo cenário vai trazer mudanças para a área de Recursos Humanos dentro das organizações. As empresas terão maior preocupação e cuidado com a saúde emocional de seus colaboradores, haverá mudanças nos locais de trabalho, flexibilização do trabalho e novos métodos de acompanhamento das equipes.

Sempre se falava em bem estar dos colaboradores, mas nesse momento as empresas foram forçadas a explorar mais esse assunto, visto que, o momento tem causado grande tensão e ansiedade nos colaboradores. A incerteza do amanhã, receio de perder o emprego, a superlotação dos hospitais e a segurança dos familiares tem tirado o sono e tranquilidade de muitas pessoas.

Diante disso, as empresas estão aprendendo a importância do envolvimento, do apoio e da motivação dos colaboradores, independente de onde eles estejam. Antes disso, não sobrava “tempo” para dar atenção a essas questões, mas agora será algo necessário.

Com a rotina home office, os meios interação e produtividade foi modificados. Plataformas como whatsapp, o Zoom ou Teams passaram a ser os meios de comunicação entre as equipes. Os gestores conseguem controlar a jornada e a produtividade por meio de ferramentas digitais.

Além disso, os líderes, acompanhando o desempenho e produtividade da equipe em softwares e plataformas fica mais fácil e prático de mensurar e identificar onde estão as falhas nos processos e fraquezas dos colaboradores. Assim, as organizações ganham vantagem frente ao mercado de trabalho.

Esse momento permitiu que os profissionais criassem novos caminhos, demonstrando a capacidade das pessoas em colaborar e atuar em situações adversas. Como resultado, teremos soluções criativas e diferenciadas no ambiente de trabalho. No momento, parece difícil manter uma visão de otimismo para o futuro, mas o amanhã será melhorado pelas dificuldades enfrentadas na atual conjuntura.

Esse é um momento de aprendizado! É hora de priorizar as entregas ao invés de horário. É hora de tornar as relações de trabalho mais humanas e menos competitivas, tendo como objetivo comum bem de todos. Essa situação de reflexão, dúvidas e incertezas nos levará a uma sociedade mais colaborativa e ética.

Então, gostou do nosso artigo? Compartilhe com amigos e nas suas redes sociais.

Deixar um comentário