Seu RH é estratégico ou operacional? Saiba quais são as diferenças

2019-05-14T14:27:45-02:002 agosto, 2018|Tecnologia para RH|

RH estratégico ou operacional, qual é o seu? Parece algo simples, porém, pode fazer toda a diferença no crescimento e sucesso do negócio. Entenda as diferenças neste artigo!

O RH é um dos setores que mais mudou nos últimos anos. Cada vez mais novas tecnologias fazem parte de suas atividades e servem de insumo para a entrega de grandes resultados. A questão é: RH estratégico ou operacional, qual é o seu?

Pode até não parecer, mas a diferença é grande. O ideal é construir um RH que vá além das simples operações diárias, que se envolva nas decisões de longo prazo e influencie no sucesso do negócio. Quer entender muito mais? Confira a leitura!

O que é RH operacional?

É muito fácil entender a diferença. O RH operacional é aquele que cuida apenas das operações relacionadas à gestão de pessoas, como a contratação de novas pessoas, as rotinas da folha de pagamento, a gestão do ponto, entre outras tarefas padrão.

Antes, esse setor era chamado de Departamento Pessoal (DP), e garantia a boa relação entre o empregado e seu empregador. No entanto, hoje, sabe-se que o simples atendimento às demandas operacionais não é suficiente, é preciso ir muito além disso.

A grande limitação do RH operacional é a visão de curto prazo: seu foco está no “hoje”. Por essa razão, deixa de aproveitar grandes oportunidades e atingir objetivos genéricos por meio do capital humano, alegando custar muito caro à empresa.

Comunicação interna
um guia para motivar os colaboradores

cta_baixe_ebook_gratis_azul

O que é RH estratégico?

Em um mercado em que ideias são abundantes, tecnologias podem ser facilmente adquiridas e estratégias copiadas, “gente” é o principal diferencial competitivo. Por isso, é preciso olhar para as pessoas de outro modo e construir um RH estratégico.

De acordo com pesquisa veiculada pela Harvard Business, empresas que investem em boas práticas de RH tiveram, em média, desempenho 51% superior no mercado de ações. Sendo assim, é um fator realmente estratégico aos negócios.

Grosso modo, o RH estratégico tem uma visão de longo prazo, ajudando a empresa a conquistar melhores resultados por meio dos colaboradores. Para tanto, faz a atração de talentos, integração, desenvolvimento e contínua avaliação de desempenho.

Comunicação interna
um guia para motivar os colaboradores

cta_baixe_ebook_gratis_azul

Como transformar o RH operacional em estratégico?

Se, em sua empresa, o RH ainda atua de modo operacional, é o momento de fazer essa migração. Não significa que o operacional será esquecido, apenas que tarefas estratégicas serão acrescentadas para tornar o setor ainda mais robusto e eficaz.

Comece eliminando a função do RH como um simples staff, isto é, um órgão de apoio dentro da empresa. Os gestores de RH devem ter voz ativa, devem participar das reuniões da liderança e emitir pareceres acerca do que é o melhor para a empresa. Para tanto, é preciso que haja o conhecimento e apoio da alta administração da firma.

De igual modo, é preciso olhar com “novos olhos” para as pessoas. Busque os melhores para fazer parte, pessoas que estejam alinhadas à cultura organizacional e que tenham entusiasmo para entregar resultados fora da curva.

Outra dica é contar com novas tecnologias e ferramentas digitais que possam melhorar a performance do gestor, facilitar a comunicação com os funcionários e a análise de desempenho. O RH estratégico é, também, digital. Então, invista em boas tecnologias.

RH estratégico ou operacional? Agora você já entende a diferença, não é mesmo? Aproveite para nos seguir nas redes sociais — estamos no Facebook e LinkedIn — e acompanhar nossas novidades. Vamos lá!