Saiba os 5 principais erros na gestão do capital humano para se evitar

2020-06-25T15:37:38-03:0025 junho, 2020|Gestão de Pessoas|

Nas últimas décadas, a gestão do capital humano vem se tornando cada vez mais importante no mundo corporativo. A gestão de pessoas é indispensável para o crescimento e desenvolvimento dos colaboradores para alcançar resultados e diferenciais competitivos.

A gestão de pessoas dentro da organização precisa ser estratégica. Sendo assim, é preciso ter um planejamento, com ações bem alinhadas, direcionadas e com objetivos claros. Isso fortalece e engaja a equipe, difunde os valores organizacionais e evita falhas e erros de processos.

Os erros e falhas na gestão dos recursos humanos podem trazer impactos negativos para a equipe. Queda da produtividade, falta de engajamento e motivação, aumento da taxa de absenteísmo, aumentos da rotatividade são exemplos dos impactos negativos e prejuízos para a organização.

A seguir, listamos para você, os erros mais comuns na gestão de pessoas e como evitá-los no dia a dia de trabalho da sua organização.

Capital Humano

Primeiramente precisamos entender o que é capital humano. O capital humano reúne toda a capacidade de conhecimentos, habilidades e competências que um profissional possui ao realizar atividades que produzam valor econômico. A gestão de pessoas tem papel essencial no desenvolvimento das competências desse capital humano nas organizações.

Por isso, o RH precisa levar em consideração a cultura, os valores, a filosofia da organização para gerir todos essas questões, principalmente pessoas. Em contrapartida, os colaboradores adquirem mais recursos para realizar um trabalho mais minucioso, eficaz, se tornando um profissional mais qualificado.

Para o sucesso de um negócio, é imprescindível identificar os profissionais qualificados e o desenvolvimento daqueles que ainda não possuem todas as competências para determinadas funções. Participação em treinamentos, cursos e especializações relacionadas às atividades também contribuem para a qualificação do profissional.

Quando o capital humano é aprimorado, tende a gerar mais valor econômico para a empresa. Ou seja, quanto mais preparada a equipe estiver para desempenhar as atividades do dia a dia, melhores serão os resultados da empresa em termos econômicos e de rendimentos.

5 erros mais comuns na gestão de pessoas

1) Ruídos na comunicação

Em primeiro lugar, a comunicação é de suma importância e algo que todos devem cultivar dentro de uma organização. As informações e diálogos precisam ser realizados de forma clara e objetiva. Muitas empresas não deixam claras as metas, os objetivos, valores e os resultados obtidos por todo trabalho realizado.

A falta de diálogo impacta negativamente vários processos dentro da empresa, desde a qualidade dos produtos até a parceria entre as equipes. Também é responsável por ruídos na comunicação e conversas paralelas.

2) Ignorar o clima organizacional

O clima organizacional é o reflexo da satisfação dos colaboradores dentro de uma organização. Quando a empresa não realiza e não toma conhecimento do nível de satisfação da sua equipe, tende a fazer com que os indivíduos se sintam desmotivados e infelizes no ambiente de trabalho, o que leva a queda da produtividade.

ebook gestão de pessoasPowered by Rock Convert

Além disso, é importante fazer, periodicamente, uma pesquisa sobre a qualidade do ambiente, perceber qual o ponto de vista dos colaboradores e o que é necessário para tornar o ambiente mais leve, harmonioso e saudável.

3) Ausência de feedbacks

O feedback é uma ferramenta muito valiosa para a gestão de pessoas. O feedback é o meio pelo qual o gestor informa ao colaborador como está sendo realizado seu trabalho, o que tem dado certo e o que precisa ser aperfeiçoado. Também é o momento de alinhar os objetivos e traçar metas

Sendo assim, a falta de feedback leva à desmotivação, erros e falhas nos processos. Quando um colaborador não recebe um retorno e reconhecimento positivo do seu trabalho , ele perde o incentivo de fazer mais. Por isso, ele passa a fazer somente o mínimo necessário. E o feedback negativo também se faz necessário, visto que, somente com ele o profissional poderá fazer as mudanças exigidas.

4) Falta de treinamento para a equipe

Outro erro muito comum na gestão de pessoas é falta de qualificação da equipe de trabalho. Não capacitar os funcionários é desperdiçar o potencial dos indivíduos dentro da organização. Por meio de treinamentos, cursos e especializações é possível aperfeiçoar os colaboradores para realizar com eficiência as atividade do dia a dia.

5) Ausência de um plano de carreira

Incentivos e recompensas sempre estimulam o bom desempenho dos colaboradores na busca pelos objetivos organizacionais. Um bom plano de carreira é muito importante para motivar os profissionais. Não saber até onde pode chegar na carreira dentro de uma empresa algo que deixa muitos colaboradores insatisfeitos. Empresas definem metas rigorosas e cobram constantemente os resultados, mas deixam de reconhecer e recompensar os colaboradores pelas conquistas. Isso pode que pode prejudicar o comprometimento dos profissionais.

Consequências pelos erros na gestão de pessoas

Vimos até agora o quanto é importante se ter uma gestão estratégica de pessoas. Com ela é possível atender as necessidades dos profissionais, consequentemente proporcionando bem-estar para a equipe e aumentando a possibilidade de retenção de talentos.

Sendo assim, os erros ocorridos na gestão de pessoas podem gerar retrabalho nos processos, causando perda do engajamento e desmotivação dos colaboradores. Além disso, corre o risco da empresa perder bons talentos e afetar de forma negativa os resultados da empresa.

Quando o colaborador fica desmotivado traz uma série de prejuízos para a organização. Ele fica mais suscetível ao erro, seu desempenho cai, aumenta as taxas de absenteísmo, entre outros. O profissional que não tem suas necessidades atendidas, não terá a satisfação necessária para desempenhar com qualidade as suas tarefas no trabalho.

Além disso, outro ponto relevante é o retorno do gestor ao colaborador sobre o seu desempenho. O colaborador que tem um acompanhamento, as diretrizes sobre seu trabalho, fica mais motivado e se sente parte da organização. Essa orientação é muito importante para o crescimento profissional.

Tendo em vista o a disputa entre as empresas, isso é um grande diferencial na competitividade de mercado. Uma plataforma de Recursos Humanos pode te ajudar a otimizar as rotinas de gestão de pessoas. Conheça a SER e saiba como criar ações estratégicas para se evitar erros e falhas na gestão.

Deixar um comentário