Como a cultura organizacional influencia na produtividade dos seus funcionários?

2020-08-31T11:00:27-03:0018 agosto, 2017|Estratégia Corporativa, Talent Management|

Entenda o que é a cultura organizacional de uma empresa e saiba como ela atua e influencia a produtividade dos funcionários.

É papel de toda empresa manter uma cultura organizacional positiva e agradável, uma vez que esse fator impacta diretamente a produtividade dos seus colaboradores. Entretanto, sabemos que essa é uma tarefa desafiadora para os gestores.

Pensando nos desafios e na dificuldade de realizar a manutenção da cultura organizacional, preparamos este post para auxiliar e explicar as melhores práticas. Ficou curioso e quer saber mais sobre o assunto? Então, não deixe de ler até o final para não perder nenhum detalhe!

O que é cultura organizacional?

A cultura organizacional representa os hábitos, as crenças, os valores e as políticas internas e externas de uma empresa. Tais fatores ajudam a otimizar a produtividade do trabalho da equipe, uma vez que, implementada uma boa cultura, cresce o nível de satisfação e de motivação dos colaboradores.

Essa satisfação pode ser tanto relacionada a questões do dia a dia profissional quanto a aspectos emocionais que refletem na convivência com superiores, colegas de trabalho ou clientes.

É importante destacar que empresas com uma cultura organizacional bem alinhada já estão categoricamente adiante em termos de sucesso e de produtividade. Para isso, vale apostar em algumas questões, como motivação da equipe, valores de excelência e qualidade do ambiente laboral. Certamente, estamos falando de um ótimo investimento.


Qual é a importância de uma cultura forte nas empresas?

A cultura organizacional forte e bem fundamentada dá diretrizes claras sobre os valores da empresa e sobre o que os funcionários devem seguir. Isso traz o sentimento de “vestir a camisa”, ou seja, os profissionais entendem a identidade da corporação e sentem que são parte integrante dessa estrutura.

Esse sentimento traz diversos pontos importantes, como a melhora do clima organizacional, o aumento do engajamento, uma maior satisfação no ambiente de trabalho, entre outros aspectos positivos. Além disso, por estarem mais envolvidos com a empresa, os trabalhadores conseguem desenvolver as suas atividades com mais atenção e dedicação, afetando diretamente a qualidade dos produtos e dos serviços oferecidos.

Também podemos observar que, graças à sensação de pertencimento e à alta satisfação, os funcionários começam a dar depoimentos positivos sobre a corporação, atuando como defensores da marca. Isso ajuda na reputação como empregador, na aceitação dos clientes e na atração de novos investidores.

Como a cultura organizacional impacta a produtividade dos colaboradores?

Por entenderem a importância dessa estratégia, muitas empresas estão investindo em meios para melhorar constantemente os seus ambientes de trabalho. Isso porque a satisfação dos seus funcionários e a criação de condições que possibilitem experiências mais agradáveis dentro e fora da companhia são ações que resultam em mais entusiasmo e, consequentemente, em mais engajamento.

Assim, profissionais que se sentem felizes e têm os mesmos valores da empresa têm diretamente uma produtividade maior e mais orgulho de trabalhar e buscam sempre crescer dentro da organização. Afinal, são eles os responsáveis pela aplicação prática da cultura organizacional. Por isso, enraizar um código de conduta que estabelece ética, qualidade e respeito ao próximo desde o começo é extremamente importante.

É essencial destacar que a cultura de uma empresa não deve ser estática. Ela deve se transformar e melhorar com o tempo de acordo com a influência da sociedade e das novas tendências tecnológicas, sem perder a sua essência principal. Dessa maneira, é possível sempre ter uma empresa ética e de acordo com as expectativas dos seus funcionários e dos clientes.

Quais são os benefícios da cultura organizacional?

Quando a empresa favorece um bom clima no ambiente de trabalho, os seus funcionários tendem a ser mais cooperativos, auxiliando uns aos outros e sempre se colocando disponíveis para trabalhar em conjunto. Além desses benefícios, podemos destacar:

  • respeito no ambiente de trabalho;
  • foco em desenvolver uma carreira dentro da empresa;
  • diminuição de conflitos internos;
  • maior satisfação dos clientes;
  • retenção de talentos.

Todos esses aspectos influenciarão diretamente a produtividade dos colaboradores, refletindo em resultados positivos para a organização. Por isso, os gestores devem sempre estar atentos ao que o seu time tem a dizer e avaliar, de tempos em tempos, se a sua cultura precisa ser melhorada.

Como fortalecê-la?

Agora que ficou mais claro o que é a cultura organizacional e como ela afeta a dedicação dos profissionais e a produtividade da empresa, entenda como fortalecê-la na sua corporação.

Melhore a comunicação interna

Sem uma boa comunicação, fica difícil passar as ideias da empresa para os colaboradores de maneira clara e precisa. Também é necessário ouvir os vários pontos de vista, afinal, o local de trabalho é composto por pessoas com experiências e opiniões diferentes.

Comunicação internaPowered by Rock Convert

O diálogo interno da organização ajuda a manter os profissionais alinhados a um mesmo propósito, fortalecendo a cultura e ressaltando os objetivos corporativos. Também abre espaço para uma participação mais democrática de todos, que podem dar feedbacks sobre os processos internos e sobre o relacionamento com a liderança. Com um pouco de organização e estratégia, essas informações são excelentes fontes para promover um ambiente mais motivador e produtivo.

Incentive o crescimento profissional

A valorização dos funcionários deve ser destaque de qualquer cultura organizacional, e esse ponto não é reforçado apenas pela remuneração. É claro que oferecer um valor dentro do praticado no mercado vale como âncora para a retenção de funcionários, mas essa não é a única medida a ser aplicada. A organização deve oferecer oportunidades de crescimento interno, além de reconhecer bons desempenhos e superação nos resultados.

E como estimular esse crescimento? Dê feedbacks, ofereça treinamentos, tenha convênios com instituições de ensino, estruture planos de carreira sólidos e claros e tenha o RH à disposição para esclarecer dúvidas sobre o crescimento interno.

Com uma boa política de valorização, a cultura é reforçada e desenvolvida de maneira orgânica pelos trabalhadores. Vale a pena baseá-la em resultados reais e justos. Qualquer favoritismo coloca a iniciativa em risco e provoca o desengajamento.

Faça uma avaliação de desempenho

Você aplica avaliações de desempenho na empresa? Essas análises mensuram a performance dos empregados, com base em métricas previamente definidas. Algumas consideram não só os números de produção, mas também aspectos comportamentais, sempre observando o alinhamento dessas atitudes à cultura da empresa.

As avaliações não são uma maneira de pressionar ou de coagir o funcionário. Pelo contrário, elas fornecem material para que essas pessoas consigam se desenvolver, tornando-se profissionais mais completos e ajudando de maneira efetiva a alcançar os objetivos empresariais.

guia avaliação de desempenhoPowered by Rock Convert

E como essa prática afeta a cultura? Além de reforçar os valores, ela consegue trabalhar ainda mais o senso de pertencimento. O profissional percebe que é importante para a organização e se esforça para entregar o que é necessário em resultados e em postura.

Direcione o processo seletivo

Talvez a cultura já esteja bem definida, mas ainda não seja praticada internamente. Você percebe que os funcionários estão alheios a ela ou não se identificam? Além dos reforços internos, é importante prestar atenção à qualidade das contratações.

Durante os processos seletivos, aplique testes comportamentais e avalie o fit cultural, ou seja, quanto o candidato se identifica com os valores da empresa. Se, por exemplo, uma das marcas é a inovação, vale a pena filtrar as pessoas com mente aberta e dispostas a conhecer e exercer novas práticas de trabalho.

Considerando o fit cultural na hora de contratar, além de alcançar uma retenção maior, é possível estruturar equipes capazes de representar a empresa e desenvolver os projetos com fidelidade aos conceitos e aos propósitos organizacionais.

Invista em saúde ocupacional

O bem-estar dos trabalhadores é um ponto importante para o funcionamento de qualquer negócio. As organizações mais modernas, voltadas para a gestão de pessoas humanizada, sabem que o investimento em políticas de saúde e qualidade de vida provoca um impacto muito positivo.

Por isso, vale a pena investir em iniciativas que valorizem o bem-estar físico e mental dos profissionais. Programas de alimentação saudável, prática de exercícios, presença de massoterapeutas na empresa, parceria com psicólogos, entre outras ações, podem fazer toda a diferença nos resultados.

Quando incorporadas à cultura organizacional, essas práticas fortalecem a marca empregadora e fazem com que a empresa ganhe competitividade na hora de atrair os melhores talentos.

Crie projetos comunitários

A cultura não é só interna. Ela deve ser exposta para que os clientes vejam os valores sendo colocados em prática. Para isso, crie projetos comunitários que envolvam ações sociais no bairro ou na cidade nos quais a corporação está instalada. Esses projetos também podem envolver iniciativas ambientais, desde práticas de reuso de água a ações mais pontuais voltadas para a comunidade.

Incentive os colaboradores a participarem dessas ações, destacando como esses projetos estão ligados aos pontos enfatizados pela empresa dentro da sua cultura. Porém, é importante ressaltar que essas iniciativas não devem ter apenas caráter publicitário ou estratégico. Sem um propósito verdadeiro por trás dessas ações, elas podem até mesmo trazer um resultado negativo e depor contra a imagem da empresa.

Qualquer iniciativa de cunho comunitário precisa estar alinhada aos propósitos organizacionais e às práticas internas. De nada adianta mover ações pela diversidade, se há preconceito no processo seletivo ou se o quadro de funcionários ainda não é ocupado por pessoas de diferentes gêneros, idades e orientações sexuais, por exemplo.

E então, entendeu como a cultura organizacional influencia a produtividade dos colaboradores? Está pronto para implementá-la em seu negócio e motivar o seu time? Entender como ela funciona e seus impactos faz com que o desenvolvimento e com que o fortalecimento da cultura sejam priorizados como estratégia de crescimento.

Se este conteúdo ajudou você a entender melhor o assunto, aproveite para curtir a nossa página no Facebook. Lá, sempre postamos novos artigos para que você consiga se manter atualizado e desenvolver as melhores práticas de gestão de pessoas no seu negócio!