Veja os cuidados na hora de contratar um software de RH

2020-11-05T14:57:06-02:005 novembro, 2020|Tecnologia para RH|

Escolher um software para gestão de pessoas requer atenção e conhecimento do assunto. Por isso, veja alguns dos cuidados que você precisa ter quando for contratar um software de RH.

A área de Recursos Humanos vem crescendo e ganhando grande espaço no mercado de trabalho. É um setor responsável por fazer a gestão de pessoas dentro de uma organização. O RH reúne um conjunto de técnicas e práticas que visam gerir os comportamentos internos e potencializar o capital humano.

Com o objetivo de se ter um RH estratégico e a valorização das pessoas no ambiente de trabalho, são contratados os perfis mais adequados à cultura da empresa, os talentos são avaliados em relação ao seu desempenho, o desenvolvimento profissional e a valorização do ambiente de trabalho são prioridades na organização.

A tecnologia é uma grande aliada na gestão de pessoas. Ou seja, ela automatiza e otimiza os processos e subsistemas de recursos humanos. Além disso, reúne dados que auxiliam na tomada de decisões estratégicas dentro da organização e, consequentemente, a eficiência da entrega dos resultados.

Escolher um software de gestão não é uma tarefa fácil. Além de ter atenção quanto às funcionalidades disponíveis, precisa ter atenção redobrada em relação ao suporte. Se algo der errado você precisará contar com uma ajuda imediata para evitar perda de tempo e prejuízos. Para facilitar sua escolha, vamos listar nesse texto alguns cuidados na hora de contratar um software de RH, mas antes entenda a relação entre Recursos Humanos e Tecnologia.

Recursos Humanos e a Tecnologia

Primeiramente, precisamos lembrar que um setor de Recursos Humanos estratégico necessita de processos inteligentes. Ou seja, os processos e demandas devem alinhar com os objetivos organizacionais e trazer resultados mensuráveis e eficientes.

Pilhas de papéis, processos seletivos morosos, tempo gasto em retrabalho deixaram espaço para assumir atividades mais estratégicas. Há algum tempo, a tecnologia na área de RH vem permitindo acesso e controle de dados que auxiliam em projetos e planejamento da organização.

Além disso, a utilização de software permite o monitoramento do desempenho de colaboradores, possibilitando um reconhecimento adequado de performances e a elaboração de planos cada vez mais eficazes no processo seletivo de novos talentos.

Por meio de um sistema de gestão de pessoas, os gestores conseguem realizar um processo de recrutamento e seleção mais rápido e eficaz, fazer a avaliação e acompanhamento de desempenho dos colaboradores, acompanhar e controlar os treinamentos da equipe, criar relatórios de indicadores e automatizar tarefas repetitivas.

Controlar os dados de um número alto de colaboradores requer muito cuidado. Por isso, armazene todas as informações dos colaboradores e demais dados importantes em um mesmo lugar. Nesse lugar precisa ter uma visão organizada do todo e gerenciar as tarefas de forma eficiente.

Um software de gestão de pessoas é capaz de otimizar tarefas burocráticas que antes demandava muito tempo dos profissionais. Com a geração de relatórios específicos e objetivos, os gestores acompanham toda a equipe, detectam suas habilidades e extrai, de cada um, a melhor forma de atingir as metas corporativas.


Sendo assim, agora que você já sabe isso, veja alguns cuidados que listamos para você se atentar quando for contratar um software de RH:

Cuidados na hora de contratar um software de RH

A escolha e implantação de um software de RH requerem alguns cuidados. É preciso escolher aquele sistema que mais atende as necessidades da sua organização. Veja a seguir alguns cuidados na hora da contratação.

Pesquise sobre o fornecedor

Em primeiro lugar, consultar a reputação da empresa que irá fornecer o software de RH é um dos cuidados essenciais que se deve ter antes da contratação do produto. A imagem e reputação da empresa refletem as suas práticas no mercado. Ou seja, ela demonstra como a empresa se comporta com seus colaboradores, clientes e demais parceiros.

É possível buscar essas informações através das redes sociais, depoimento de outros clientes e sites de reclamação na internet.

Tempo de implantação

Em segundo lugar, o tempo de implantação do software é outro ponto muito importante a ser analisado. Por isso, é preciso acordar os custos que envolvem a implantação e se certificar que as horas pagas para a implantação serão suficientes para o projeto ficar pronto.

Além disso, é interessante realizar um estudo sobre as necessidades da empresa, verificando a quantidade de dados, como será a integração, e demais informações para que as horas contratadas fiquem dentro das acordadas.

Conhecer o produto

Em terceiro lugar, antes de fechar o contrato com algum fornecedor, peça uma demonstração da funcionalidade do sistema para avaliar os seus recursos. Além disso, outro ponto é se certificar se o fornecedor oferece customização, caso haja uma especificidade no segmento da sua organização.

Tem determinadas limitações que só se descobre com a utilização do sistema no dia a dia. Uma dica é trocar experiências e buscar opiniões sobre o software como um todo e não ficar somente restrito ao que apresentou pelo vendedor.

Acompanhamento pós-implantação

Por fim, o período de pós-implantação do sistema, também, precisa ser observado. É importante avaliar a adequação dos usuários ao novo software, se há suporte suficiente e adequado em caso de problemas ou dúvidas. Essa parceria deve ser forte entre empresa e fornecedor para se evitar maiores problemas no futuro.

Vimos que o RH tem a grande missão de dar suporte e apoio aos demais setores da organização. Sendo assim, precisa conhecer cada profissional e seu desempenho dentro da organização. Com um software de gestão de pessoas é possível acompanhar cada colaborador desde o recrutamento e seleção até o seu desligamento da empresa.

As análises automáticas do software de gestão oferecerão segurança e agilidade para o dia a dia dos gestores. A tecnologia veio para atuar como aliada e estratégia para o setor de recursos humanos e a organização como um todo.

Por fim, independente do sistema ou solução a ser implantada na sua empresa, a melhor maneira de evitar problemas ou prejuízos, é tomar os cuidados citados e manter a área de Tecnologia da Informação permanentemente alinhada com a gestão do negócio.

Você conhece os softwares da SER? São soluções voltadas para apoiar a gestão estratégica por meio de avaliações de desempenho, gerenciamento de metas e planos de desenvolvimento. Quer saber mais? Entre em contato conosco e solicite uma demonstração!

Gostou do nosso post? Compartilhe nas suas redes sociais!

Deixar um comentário