Fique por dentro dos modelos de gestão e saiba como escolher o melhor

2020-02-17T14:17:41-03:0017 fevereiro, 2020|Gestão de Pessoas|

Democrática, autoritária, orientada por resultados: descubra esses e outros tipos de gestão e escolha o melhor para aplicar na sua empresa!

Você já sabe que, para que uma empresa cresça e alcance o sucesso, é essencial investir em uma gestão de qualidade. No entanto, o que você ainda não sabe é que não existe apenas uma forma de fazer isso, sendo necessário considerar o conceito de modelos de gestão.

O modelo de gestão se refere a um conjunto de metodologias e estratégias utilizadas por uma empresa para gerenciar o time e controlar os processos do negócio. Existem diversos modelos de gestão, e o melhor para o empreendimento em que você atua vai depender dos seus valores, dos objetivos, do perfil dos profissionais que fazem parte do negócio e, inclusive, do mercado no qual o empreendimento se insere.

Conheça, agora, os principais modelos de gestão existentes e descubra qual é o melhor para o negócio!

Gestão democrática

A principal característica do modelo de gestão democrática é a possibilidade de participação dos colaboradores, sendo que a palavra de ordem, aqui, é comunicação. Dessa forma, as decisões são tomadas com a participação de todos os colaboradores que fazem parte do negócio, desde as mais operacionais até as mais estratégicas.

A principal vantagem desse modelo está no fato de que ele aumenta os níveis de motivação do time. Por serem parte das decisões, os colaboradores se sentem também parte do negócio e percebem a importância que têm dentro da empresa.

No entanto, esse modelo não é adequado para um time com poucas habilidades relacionadas à comunicação e à conciliação, uma vez que essa é uma competência central para o sucesso da gestão democrática. Além disso, é importante ter cuidado com os conflitos, porque eles podem ser mais evidentes nesse tipo de modelo de gestão.

Gestão meritocrática

Outro modelo de gestão que pode ser adotado pela empresa é baseado na meritocracia, ou seja, nos resultados e no desempenho dos colaboradores. O foco está na formação de um time de alto desempenho e de produtividade, sendo que os que se destacam são capazes de atingir posições de gestão e de liderança e, dessa forma, tornam-se os responsáveis pela tomada de decisão.

A principal vantagem desse modelo está no fato de que os colaboradores passam a buscar, ativamente, os melhores resultados. Como eles sabem que são recompensados por alto desempenho, engajam-se mais nas suas atividades de forma a mostrar para a empresa que são capazes de fazer mais e melhor.

ebook software para gestão de pessoasPowered by Rock Convert

No entanto, o ambiente pode se tornar altamente competitivo, sendo que esse modelo de gestão é mais adequado para empresas que têm um time que se motiva com desafios e competições. É importante saber gerenciar essa competitividade de forma a garantir que isso não comprometerá o trabalho e, inclusive, a saúde mental dos colaboradores. Além disso, a transparência também é essencial para garantir uma competição justa e igualitária.

Gestão com foco em resultados

Quando se fala em gestão de um negócio, o mais visível é o resultado, não é mesmo? É exatamente esse o foco desse modelo de gestão.

Ele é baseado no planejamento estratégico da empresa e nas metas estabelecidas. Dessa forma, o controle de processos fica em segundo plano para dar lugar ao acompanhamento dos resultados gerados pelos colaboradores, tanto individualmente quanto coletivamente.

A principal vantagem desse modelo é o monitoramento de perto dos resultados da empresa. Isso significa que todos sabem aonde precisam chegar e o quão distantes estão da meta, a todo o momento, sendo ideal para empresas que precisam de soluções rápidas para problemas urgentes.

No entanto, esse modelo pode gerar sobrecarga e estresse para os colaboradores, principalmente quando a definição das metas não é feita de forma adequada. Além disso, ele dificulta o acompanhamento de processos em longo prazo e não leva em consideração a sua qualidade.

Gestão com foco em processos

Como o próprio nome já indica, o foco desse modelo de gestão está nos processos internos do negócio. Dessa forma, as estratégias se direcionam para a melhoria da qualidade dos processos, para a eficiência, para a redução de custos e para a garantia da satisfação dos clientes, não se preocupando tanto com a velocidade do trabalho, ou seja, em alcançar resultados rapidamente.

A principal vantagem desse modelo está na melhoria da qualidade do trabalho dos colaboradores. Todos passam a realizar as suas atividades com maior atenção, utilizando os recursos da melhor forma possível e buscando sempre a qualidade total. Dessa forma, é viável reduzir custos e erros dentro do negócio. No entanto, os resultados demoram mais para aparecer, não sendo adequado para empresas que necessitam de soluções muito urgentes.

Gestão autoritária

Um modelo de gestão muito comum, mas que está caindo em desuso no mundo corporativo, é a gestão autoritária. Nesse modelo, o gestor e os líderes são as figuras centrais, únicos responsáveis pela tomada de decisão, que não permite a participação dos colaboradores.

A principal vantagem desse modelo está nas decisões rápidas, sem necessidade de consultar a equipe. Dessa forma, ele se mostra muito adequado para empresas que estão em situações críticas, passando por mudanças muito rápidas e que exigem respostas também céleres, ou para negócios nos quais os colaboradores têm pouca experiência de mercado.

No entanto, esse modelo pode gerar grande insatisfação na equipe, uma vez que os colaboradores não têm voz. Com isso, é importante contar com gestores capazes de explicar o porquê de cada uma das decisões tomadas e de conquistar o respeito do time de forma a evitar conflitos e insatisfações maiores.

Como você pôde perceber, existem diversos modelos de gestão que podem ser adotados por uma empresa. Não existe, no entanto, o modelo ideal, adequado para todos os negócios.

É importante que você conheça muito bem a organização em que atua e entenda quais são os seus objetivos e as necessidades nesse momento, de forma a identificar qual o modelo de gestão mais adequado para a empresa. Lembre-se também de considerar o perfil dos gestores e dos colaboradores do negócio, uma vez que o modelo também precisa ser adequado a essas características do time.

Este artigo que trata dos modelos de gestão foi útil? Quer saber mais sobre como melhorar a gestão de uma empresa? Então, leia nosso próximo artigo agora mesmo e descubra como a gestão de dados pode otimizar a gestão de pessoas do negócio!

Um comentário

  1. Nicole Silva 9 de março de 2020 em 21:15- Responder

    Sem duvidas essa matéria me ajudou a abrir os olhos para tantos modelos de gestão que existem, eu ja escolhi o meu.

Deixar um comentário