Afinal, por que o planejamento estratégico de pessoas é necessário?

2020-04-15T14:53:57-03:0023 janeiro, 2020|Gestão de Pessoas|

Atualmente, planejamento estratégico de pessoas vai além de seguir processos, representa uma questão estratégica para as organizações.

A estratégia organizacional define o seu comportamento em meio ao mundo cheio de transformações, dinâmico e competitivo. É importante que a empresa defina sua missão, visão, valores e a gestão de pessoas deve andar lado a lado com essa estratégia.

A missão e os objetivos organizacionais funcionam como propósito que norteiam as atividades e os esforços dos seus colaboradores. A cultura organizacional tem papel fundamental na definição dos valores que orientam toda a empresa e seus membros.

A gestão de pessoas tem que estar alinhada com a missão da organização, pois esta se realiza e se concretiza através das pessoas que a compõe. A atuação dos dirigentes e líderes se torna essencial com a equipe, no sentido de cumprir a missão organizacional através do trabalho e das atividades em conjunto.

O planejamento estratégico de pessoas deve ser uma parte integrante do planejamento da organização. Por meio dele que a empresa consegue aproveitar o seu capital humano, definir a força de trabalho necessária para alcançar as metas, aumentar sua competitividade e se destacar perante o mercado de trabalho.

Esse planejamento não se restringe apenas na definição da quantidade de pessoas para a condução do trabalho na empresa. É um processo que se inicia no recrutamento e seleção e se estende até o momento do desligamento do colaborador. Por isso, é preciso lidar com competências necessárias para se atingir metas, criar uma arquitetura organizacional adequada, reter talentos, promover um clima e uma cultura favorável e trabalhar com suas equipes de maneira eficiente e eficaz.

Através do planejamento estratégico de pessoas, a organização consegue identificar as competências de seus colaboradores, as lacunas que precisam ser preenchidas, como desenvolver habilidades através de treinamentos específicos, as mudanças necessárias, as demandas de novas contratações ou desligamentos e, principalmente, o impacto da produtividade de cada indivíduo no alcance dos objetivos e metas.

Os novos papéis na gestão de pessoas

Diante essas transformações no mundo organizacional, a gestão de pessoas assume novos papéis.  Os líderes se tornam peça-chave no planejamento estratégico de pessoas, pois eles precisam vender a estratégia entre os membros da equipe, as suas ações precisam ser coerentes com seu discurso. O setor de Recursos Humanos evoluiu juntamente com as técnicas de gestão e passou a representar um papel relevante nas estratégias de negócios.

ebook gestão de pessoasPowered by Rock Convert

É importante manter a motivação entre os colaboradores, promovendo o reconhecimento do trabalho realizado, criando Plano de Carreira, Plano de Remuneração e Benefícios.

Os profissionais da área de Recursos Humanos atuam como um intermediário, um facilitador do processo de comunicação entre os líderes e os colaboradores. Sendo assim, ambas as partes passam a se conhecer melhor, fortalecendo a relação de parceria no trabalho.

Comunicação

A comunicação é primordial no planejamento estratégico de pessoas em uma organização. Os diálogos precisam ser claros, objetivos, abrindo espaço para o colaborador participar das decisões, expor ideias, esclarecer dúvidas. Isso promove um ambiente de trabalho harmonioso, a liderança se aproxima da equipe, sem contar que o colaborador se sente parte importante da empresa.

Portanto, esse diálogo aberto, os membros da empresa tem uma visão ampla da organização e de todos os processos, tornando-os profissionais mais preparados e capazes de auxiliar a gestão de forma mais estratégica.

Nesse processo é possível identificar os pontos fortes e fracos dos colaboradores, onde o setor de Recursos Humanos atuará juntamente com a liderança, realizando treinamentos e aplicando métodos para o desenvolvimento profissional dos membros da equipe. Isso favorece a parceria entre os colaboradores e a gerência, sendo necessário realizar momentos para revisão e aferição dos resultados. Atualmente, existem plataformas e empresas que auxiliam na implantação e acompanhamento dos processos de educação corporativa, desempenho e desenvolvimento individual.

Além disso, outro segredo do sucesso dos negócios está na captação e retenção de talentos. Escolher um profissional no mercado de trabalho não é uma tarefa simples. Requer um cuidado ao identificar as competências e valores de acordo com a demanda e a organização.

As empresas buscam investir cada vez mais no conceito de employer branding, ou seja, na construção de uma marca empregadora, atraindo profissionais estratégicos, inovadores, proativos e mantendo aqueles que abraçam os valores da companhia e entregam resultados.

É importante ter a clareza que os novos papéis da gestão de pessoas não ocorrem apenas no setor de Recursos Humanos, mas serem percebidos pelos gestores das diversas áreas da organização. Essa nova atuação precisa ser sistêmica, integradora e criar uma sinergia para que todos olhem na mesma direção, convergindo suas ações para o alcance daquilo que foi planejado.

Qual a vantagem sob a perspectiva do planejamento estratégico?

Planejar a forma como gerir pessoas significa não só conhecer suas competências e habilidades, mas entender como os acontecimentos do dia a dia afetam os seus comportamentos na empresa. Além disso, é a oportunidade da organização ter uma perspectiva de futuro e administrar suas ações no caminho ao alcance de suas metas e objetivos.

Diante a competitividade, definir uma estrutura positiva, dinâmica, flexível, atendendo às exigências do mercado e fortalecendo as relações internas e externas, se torna a base para as estratégias da organização.

Por fim, outra vantagem na gestão estratégia de pessoas é a utilização de indicadores de desempenho. Eles possibilitam a tomada e correção de decisões, identificando as oportunidades e possíveis ameaças. Fatores como absenteísmo, rotatividade de pessoal e os dados coletados da entrevista de desligamento, podem influenciar no planejamento de recursos humanos, sendo necessária sua mensuração.

A tecnologia é um grande aliado na construção do planejamento. Elas auxiliam os gestores na automatização de processos, no desenvolvimento de um trabalho com maior eficiência e produtividade, principalmente na otimização do tempo.

A SER desenvolve soluções tecnológicas e personalizadas para atender as diversas atividades voltadas para a gestão estratégica de pessoas e acelerar o sucesso de seus talentos.

Quer entender melhor como a nossa ferramenta pode ajudar na sua gestão? Entre em contato conosco e peça uma demonstração.

Um Comentário

  1. […] de auxiliar a organização a alcançar o planejamento estratégico, a gestão de competências ainda traz diversos benefícios para a organização. Veja os […]

Deixar Um Comentário