Qual é o real impacto do RH 4.0 nas empresas? Entenda neste post

2019-08-19T14:09:02-02:0019 agosto, 2019|Tecnologia para RH|

O RH 4.0 soma uma série de vantagens à organização, tornando-a mais enxuta, ágil e competitiva. Por esse motivo, é preciso entender mais do assunto e descobrir como aproveitá-lo.

O RH evoluiu muito nos últimos anos — de um departamento à parte, responsável pelas rotinas de departamento pessoal, para um setor estratégico e focado em resultados. Hoje, já é possível falar de RH 4.0 e de sua importância estratégica, mas o que isso significa?

É simples! O 4.0 faz referência à quarta revolução industrial e mostra um RH evoluído, paralelamente ao mercado. Em outras palavras, diz respeito a um RH mais moderno, que usa tecnologia de ponta e dados para tomar decisões acertadas.

Nos tópicos seguintes, explicamos qual é o real impacto do RH 4.0 nas empresas e como isso pode gerar grandes vantagens. Por esse motivo, continue com a leitura!

Tomada de decisões acertadas

Todo gestor toma uma série de decisões ao longo do expediente, como quem contratar ou demitir. Quando acertadas, tais decisões podem beneficiar a empresa e o time de trabalho. Todavia, caso erradas, podem colocar o negócio em desvantagem competitiva.

O RH 4.0 permite o uso de um grande volume de dados para gerar métricas e indicadores de desempenho, bem como painéis de gestão à vista — dashboards. Isso subsidia a tomada de decisões ágeis e acertadas, também reduzindo o número de erros ao longo do expediente.

Flexibilização do trabalho

Outro impacto é a flexibilização do trabalho, tradicionalmente rígido. O RH 4.0 tem permitido o crescimento do trabalho em home office e a formação de equipes remotas, por exemplo. O próprio expediente está mais flexível e agradável aos talentos.

Saiba para que serve um Software para Gestão de Pessoas
 e como escolher o melhor para sua empresa

Há uma série de benefícios à flexibilização. A maior satisfação e a retenção dos talentos são, sem dúvidas, alguns dos mais importantes. Também é possível falar na redução de custos operacionais, tendo em vista que o trabalho remoto permite a redução de uma série de gastos.

Integração de tecnologias de ponta

O RH 4.0 é, em si, mais conectado. Ele depende de uma série de tecnologias, como inteligência artificial (IA), Big Data e Internet das Coisas (IoT). Por outro lado, elimina ou reduz as ferramentas tradicionais, como blocos de anotações e fichas de RP.

Em um sentido mais amplo, a modernização do RH funciona como uma espinha dorsal para a modernização de toda a empresa. Outros setores podem ser beneficiados e toda a organização ganha. Boas tecnologias geram celeridade, integração e redução de custos.

Liquidez das operações diárias

No RH tradicional, as operações diárias são rígidas, travosas. Algumas análises demoram dias para ficar prontas. Além disso, boa parte dos documentos é impressa, como fichas e relatórios. O RH 4.0, todavia, aposta no que é digital, tornando tudo mais líquido.

Veja, por exemplo, a avaliação do desempenho dos profissionais. Hoje, tudo pode ser feito com a ajuda de softwares de ponta, de maneira automatizada, o que demanda menos tempo e energia do profissional de RH. Isso, claro, deixa o RH menos enrijecido e mais leve.

Como você pode observar, há diversos impactos ligados à implementação do RH 4.0. Sua aplicação no dia a dia da empresa depende, todavia, especialmente da alta liderança. É preciso que os gerentes e diretores estejam comprometidos em integrar tecnologia de ponta e modernizar as práticas de RH, tornando-as adequadas à quarta revolução industrial.

Gostou do nosso artigo? Aproveite para continuar aprendendo conosco e entender qual é o papel do RH na cultura organizacional de uma empresa. Boa leitura!

Um Comentário

  1. […] RH precisa estar antenado às novidades e usufruir de ferramentas que promovam o encontro de ideias e pessoas diferentes. Um instrumento […]

Deixar Um Comentário