Entenda como o reconhecimento profissional influencia a retenção de talentos

2020-03-19T14:02:08-03:0019 março, 2020|Gestão de Talentos|

O reconhecimento profissional é um importante aliado da retenção de talentos, pois promove um senso de justiça e demonstra que há potencial de crescimento. Entenda mais em nosso artigo.

A retenção de bons profissionais promove uma série de vantagens à empresa. É possível reduzir custos com turnover, manter equipes de alta performance e sustentar um clima de bem-estar diário. Nesse contexto, o reconhecimento profissional tem grande relevância.

Felizmente, há uma série de estratégias úteis para reconhecer os profissionais. Além do feedback positivo, é possível usar bonificações, benefícios adicionais e até oportunidades de carreira. Assim, o profissional pode se sentir mais valorizado pelo empreendimento.

Nos tópicos seguintes, explicamos como o reconhecimento promove a retenção de talentos, como utilizar isso em seu benefício e quais resultados esperar. Continue a sua leitura!

Como o reconhecimento profissional influencia a retenção?

Não é fácil reter profissionais talentosos. Eles comumente recebem outras propostas de trabalho e podem, até mesmo, iniciar um negócio próprio. Sua saída ainda resulta na saída de outros colegas de trabalho, como no chamado efeito manada.

Portanto, é preciso buscar estratégias de retenção, sendo o reconhecimento uma das mais eficazes. Profissionais que se sentem reconhecidos ficam mais tempo na empresa.

A primeira razão para o binômio reconhecimento-retenção é o senso de justiça. Quando o talento nota que seus esforços estão sendo observados e adequadamente recompensados, experimenta um maior senso de justiça e, por consequência, de bem-estar.

Um segundo motivo é o senso de oportunidade. Se o esforço compensa, afinal, há justiça; esforçando-se o suficiente, o talento pode ganhar mais e atingir cargos elevados. Isso faz com que o profissional projete uma carreira para o longo prazo e concentre-se nas oportunidades.

Há, ainda, o potencial de construção de vínculos mais fortes com a liderança. Quando o líder reconhece seu subordinado, está iniciando uma relação do tipo ganha-ganha, na qual ambos são beneficiados. Logo, a taxa de retenção é superior.

Como é possível notar, ao menos, três fenômenos influenciam a retenção: os sensos de justiça, de oportunidade e de relação entre líder e liderado. Assim, garantem que o talento fique mais tempo, bem como entregue resultados maiores e mais alinhados à cultura organizacional.

Como aplicar o reconhecimento profissional no expediente?

O elogio é uma das principais formas de reconhecimento. Dizer “ei, ótimo trabalho!” pode ser um grande estímulo ao talento e não custa nada ao gestor. No entanto, existem muitas outras formas de reconhecimento. Adiante, explicamos as principais.

Ofereça feedbacks periodicamente aos profissionais

O feedback (que é um retorno de informação) é uma das mais importantes formas de reconhecimento. Diferentemente do elogio, ele tem uma base mais sólida e envolve um diálogo mais amplo com o profissional.

No caso do feedback, não basta dizer “ei, belo trabalho!”. É preciso se aprofundar mais, dizer o que deu certo, explicar que isso pode (e deve) ser replicado no futuro e incentivar o talento nessa direção. Sendo assim, invariavelmente, o feedback é mais profundo que o elogio.

Pode parecer estranho, mas o próprio feedback negativo é uma forma de reconhecimento. Quando você indica pontos de melhoria ao profissional, mostra que está observando o seu trabalho diário e que pode ajudá-lo a melhorar.

ebook gestão de telentosPowered by Rock Convert

O mais recomendado é que se tenha equilíbrio entre feedbacks positivos e negativos, alternando-os de maneira saudável ao longo do expediente. Use sempre uma base sólida de argumentação, explicando a razão do feedback.

Ofereça recompensas adicionais ao bom desempenho

Quando o profissional ou a equipe de trabalho se saem bem em uma tarefa, é interessante recompensá-los proporcionalmente. Isso significa ir além do elogio e entregar algo de valor, como uma bonificação financeira, uma viagem ou um bem material.

Em geral, é possível classificar as recompensas em dois tipos: financeiras e não financeiras. As financeiras são bonificações, como adicionais ao salário. As não financeiras são bens ou viagens, entre outras coisas mais criativas, como um dia de folga remunerado.

Para selecionar a melhor recompensa, é preciso conhecer profundamente seus talentos. O que eles mais gostam de fazer? Qual a idade média do time? Como eles gastam o tempo fora da empresa? O que poderia gerar um estímulo adicional?

No entanto, não é tudo, também é preciso pensar na própria empresa. A recompensa deve caber no orçamento e transmitir a filosofia do local de trabalho. Por exemplo, se você quer construir uma cultura de colaboração, não é interessante oferecer recompensas individuais.

Construa um sólido plano de cargos e salários

Uma das formas de reconhecimento mais desejadas é a promoção na carreira. Quando um profissional tem a possibilidade de atuar em um cargo superior, aprimorando-se em novas habilidades e ganhando um salário superior, certamente, fica motivado.

No caso dessa recompensa, porém, é preciso ter um planejamento maior. O motivo: as promoções e os aumentos salariais são de longo prazo, não podem ser retirados e influenciam bastante o orçamento da empresa. Logo, é preciso ter muita atenção.

Para construir um plano de cargos e salários, comece fragmentando os atuais cargos em três níveis: júnior, pleno e sênior. Estabeleça algumas diferenças entre esses níveis, afinal, o profissional sênior tem mais experiência e pode solucionar problemas mais complexos.

Aproveite, ainda, para oferecer um salário superior aos profissionais que estão em nível sênior ou pleno, em detrimento daqueles que ainda estão no nível júnior. Dessa maneira, você conseguirá recompensar o bom desempenho e estimular a alta performance no trabalho.

Comemore os resultados que foram alcançados

Uma dica simples e que certamente estimula os talentos é a comemoração. Comemore as metas que foram alcançadas e os ótimos resultados entregues pelos profissionais ou times de trabalho. Com isso, além de gerar mais ânimo, você poderá reconhecer os talentos.

Há muitas formas de comemorar. Você pode fazer um pequeno evento dentro da empresa, como uma premiação, prestigiando os profissionais fora da curva. Também pode agendar um evento mais sofisticado, fora da empresa, como um almoço ou jantar.

Mais importante que quanto você vai gastar é definir com clareza a mensagem que você quer transmitir para os profissionais, afinal, você não está comemorando por comemorar. É preciso que a mensagem seja clara e que promova ótimos resultados futuros.

Qual a importância do reconhecimento dentro da empresa?

Como explicado, o reconhecimento influencia a retenção. Mais profissionais talentosos vão permanecer na empresa, entregando resultados consistentes por longo prazo. Isso, por si só, é um grande benefício, mas existem muitos outros.

O reconhecimento ajuda a transformar seus atuais funcionários em promotores da marca, cria um sólido senso de justiça, promove uma percepção de bem-estar, melhora o diálogo interno empresarial e ainda alavanca os resultados financeiros do exercício.

Portanto, não deixe de aplicar o reconhecimento profissional dentro da sua empresa. Lembre-se de que, além do elogio, é possível reconhecer com feedbacks profundos, premiações interessantes e um bom plano de carreira. Além de tudo, a comemoração pelos resultados obtidos pode ser de grande ajuda. Assim, no fim das contas, será mais fácil reter talentos.

Gostou do nosso artigo, não é mesmo? Agora, aproveite para manter seus amigos por dentro do assunto. É só compartilhar nosso post em suas redes sociais. Vamos lá!

Deixar Um Comentário